Google Lens conseguirá decifrar até a pior caligrafia

Rui Bacelar
Comentar

A Google trabalha atualmente no reforço do seu Google Lens com o intuito de decifrar a caligrafia "mais difícil do mundo", a escrita dos médicos. Para tal, trabalha em novos modelos de Inteligência Artificial (IA) a chegar gradualmente ao seu Lens.

A empresa norte-americana afirmou estar a trabalhar junto de entidades farmacêuticas e médicas para dotar os seus algoritmos de IA de dados relevantes. Desse modo, espera a gigante das pesquisas, o seu Lens conseguirá identificar a medicação receitada nas guias.

Google Lens decifrará até mesmo a escrita dos médicos

Google Lens
Captura de ecrã com o novo recurso a chegar ao Google Lens graças à IA. Crédito: Google.

Pese embora não exista ainda uma data oficial para o lançamento e disponibilização desta capacidade, tal como informa a Google no seu blog, a empresa está confiante na capacidade de reconhecer os elementos presentes até nas notas mais enigmáticas.

Há muito trabalho pela frente, mas laborando agora junto de empresas farmacêuticas e entidades médicas para criar novos modelos de IA que "pensem" como um médico, a gigante das pesquisas está confiante do sucesso.

Será a solução para o eterno dilema com a caligrafia médica, há muito tida como uma das piores e mais confusas para todo aquele que não seja um profissional de saúde. Aliás, até mesmo os farmacêuticas chegam a ter dúvidas ao aviar receitas, pelo que esta solução da Google pode efetivamente ser útil.

Detetar automaticamente a medicação na receita com o Lens

Google is developing a tool to decipher doctors' handwriting A new feature for Google Lens is being specifically developed to decode hastily scrawled notes https://t.co/apQ90oGTjj

— Matt Navarra (@MattNavarra) 19 de dezembro de 2022

As novidades foram avançadas primeiramente pelos colegas da publicação The Verge, dando conta do seu anúncio na Índia. Aí, esta ferramenta deverá ser aplicada a disponibilizada logo que esteja pronta, ainda que não tenha sido fornecida uma data precisa.

Conforme avança a Google, esta será mais uma ferramenta tecnológica colocada ao dispor dos humanos para nos ajudar em áreas tão sensíveis como a nossa saúde.

Agora, resta aguardar pela sua disponibilização e claro, esperar que os médicos não usem esta "desculpa" para descurar a sua já infame caligrafia.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt