Google e Altice trazem o novo cabo submarino Equiano para Portugal

Rui Bacelar
Comentar

Equiano, o cabo submarino que liga a África à Europa, chega finalmente a Portugal. O Equiano da Google, apresentado há três anos, começa na Europa Ocidental e percorre a costa oeste da África e liga Portugal à África do Sul. Ou seja, aumentando a conectividade e as oportunidades de envolvimento entre países da Europa e de África.

Para o receber apresentou-se primeiramente a Altice Portugal, responsável pela operadora MEO. Para tal contribui a disponibilidade de infraestruturas específicas e a experiência e know-how na indústria são os fatores que fazem da Altice Portugal, dona da operadora MEO, o fornecedor da estação de cabos submarinos para amarração do cabo Equiano em Portugal.

Altice Portugal recebe o cabo submarino Equiano da Google

Google cabo

Mais concretamente, é na Estação Internacional de Cabos Submarinos de Sesimbra da Altice Portugal que amarrará este novo cabo submarino. Este elemento ligará diretamente a África do Sul e vários países da costa ocidental de África à Europa.

Portugal assume um papel estratégico dada a sua localização geográfica

Altice

Portugal assume-se como hub de terminação e interligação de capacidade e tráfego de cabos submarinos internacionais pela sua localização geográfica privilegiada. Algo que se deve à extensa costa atlântica e vasto território marítimo. Assim, permitindo a ligação entre continentes e atraindo investimento estrangeiro.

Google

A Altice Portugal desempenha um papel estratégico, ao nível de serviços de consultoria e infraestruturas, suportado na sua experiência histórica de mais de meio século nesta área de telecomunicações submarinas a nível nacional e internacional.

Este cabo, com o nome de Olaudah Equiano, um escritor e abolicionista nascido na Nigéria que foi escravizado em criança, oferece uma infraestrutura de ponta.

Google

A tecnologia de multiplexação de divisão de espaço (SDM) na qual o Equiano se baseia vai aumentar a capacidade do cabo na região para uma variedade de operadoras de rede e fornecedores de serviços de Internet na Europa e em África. Seja para uso próprio ou para fornecer a terceiros.

Assim, graças às suas unidades de ramificação ao longo da rota, este sistema vai fornecer a flexibilidade para responder dinamicamente às necessidades de capacidade destas operadoras de rede. Isto bem como dos clientes da Google Cloud.

Além disso, criará oportunidades para estender a conectividade a outros países africanos nos próximos anos, aumentando o valor desta infraestrutura em muitas áreas.

Maior flexibilidade e capacidade de resposta para a Google

Google

Estas melhorias na conectividade representam uma grande oportunidade para Portugal. O país que, nos últimos anos, se tornou num hub para cabos submarinos, não só devido à sua posição geográfica estratégica mas também pelo foco do país no desenvolvimento e fortalecimento da sua economia digital.

Aliás, graças ao cabo EllaLink, o cabo submarino que liga Portugal ao Brasil e ao Equiano, Portugal pode contar com fortes melhorias em termos de maior largura de banda e redução de latência o que no final terá um impacto positivo no comércio e na economia.

Várias melhorias que podem contribuir para o desenvolvimento de Portugal

  • A conectividade tem um impacto direto no comércio, com as exportações a aumentarem em até 8% quando se duplica o número de cabos de Internet.
  • O impacto potencial no longo prazo associado à melhoria da infraestrutura digital de Portugal pode ser até 500 milhões de euros a mais, por ano, no PIB.
  • Projetos de cabo como o EllaLink e o Equiano podem oferecer suporte a parceiros operacionais de telecomunicações que fornecem acesso de banda larga eficiente e de alta qualidade, beneficiando um amplo conjunto de utilizadores finais.

Estas e outras ilações foram publicadas recentemente no blog Google Portugal, assinado por Bernardo Correia, Country Manager, Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com