Google Duo prepara-se para ficar ainda melhor

Filipe Alves
Comentar

Já viste que damos alguma atenção ao Google Duo. Isto porque é, sem margem para duvida, a melhor aplicação de chamadas de vídeo que podes ter no teu smartphone. As novas atualizações, contudo, farão da App ainda melhor.

De acordo com as informações, a Google está a trabalhar em formas de transformar a aplicação de chamadas de vídeo em mais do que isso. Ou seja, teremos também a possibilidade de enviar mensagens, fotografias (já adicionado) e mensagens de áudio. Tudo isto para um grupo especifico.

Google Duo

Melhorias a receber nas próximas atualizações do Google Duo

  • Mensagens de Grupo (áudio, vídeo, foto e texto)
  • Adicionar contactos na página principal do teu smartphone
  • Reportar chamadas como Spam

Adicionar pessoas na página principal do teu smartphone é também uma maior vantagem. Contudo, esta funcionalidade funcionará apenas no Android.

A Apple continua a ser rígida na forma como personalizas o teu ecrã. Assim sendo, não se espera que a funcionalidade chegue aos iPhones.

Esta funcionalidade dará para escolheres a "cara de um contacto" e personalizares de imediato junto com as tuas aplicações na página principal do teu smartphone. Um atalho bem pensado e que já existe na aplicação de "contactos Google" por exemplo.

Google Duo é melhor do que o WhatsApp e Messenger juntos

A aplicação de chamadas de vídeo dá-te uma qualidade de áudio e imagem que nenhuma das outras consegue oferecer. Além disso, mesmo com má internet a conexão é estável.

O único sério concorrente é o FaceTime, porém, o FaceTime é exclusivo para utilizadores iOS. Já o Google Duo funciona com Android e iPhone.

Em suma, esta é uma aplicação que vais garantidamente gostar e com as novas atualizações ficará ainda melhor.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.