Google Wear OS Android Wear 1
O sistema operativo da tecnológica norte-americana em breve mudará de nome.

Em 2014 a Google lançaria um novo sistema operativo exclusivo para os relógios inteligentes ou smartwatches. Um nicho de produto que na altura estava a crescer e em breve teríamos o G Watch da LG como o primeiro dispositivo Android Wear a chegar ao mercado. Agora, o futuro passará pelo Wear OS. O seu lema? “Make every minute matter“!

Entretanto veríamos várias fabricantes de dispositivos móveis a apostar nesta plataforma que nunca foi abraçada pela Samsung. Mesmo assim contaria com mais de 50 modelos na sua plataforma. Agora, a Google anuncia grandes mudanças que deixam antever muitas novidades para o Wear OS by Google.

Vê ainda: Google Play Store. 25 Apps gratuitas por tempo limitado

Verdade seja dita, os relógios inteligentes nunca foram um grande sucesso no mercado. Inicialmente seriam bem recebidos graças ao fator novidade e à curiosidade intrínseca para com um novo produto.

Entretanto o sistema perderia fôlego, algo que se agravaria com a Samsung e a Huawei a seguirem percursos distintos. A fabricante chinesa adotaria o Android Wear, a sul-coreana apostaria no seu TizenOS com bons resultados. Agora o Android Wear chega ao fim para dar lugar ao Wear OS. Um nome mais curto e sonante que deixa antever uma reformulação neste departamento.

Olá Wear OS e adeus ao Android Wear da Google

Temos até uma nova página (website) para o novo Wear OS da Google mas se não reparaste nas novidades (mudança de logótipo), estás perdoado. De uma forma muito subtil a Google mudou assim o nome do seu sistema operativo para dispositivos móveis. Note-se ainda que, pelo menos para já, o Wear OS é apenas o Android (na sua versão para relógios inteligentes) com o nome diferente. Até ao momento nada mudou mas com a próxima edição da Google I/O 2018 a chegar em maio certamente teremos novidades.

Google Wear OS Android Wear
Para já nada mudou a nível de especificações técnicas nada mudou, esperemos até à Google I/O 2018.

Para já nada mudou mas pelo menos a mudança de nome indica-nos que a fabricante ainda presta atenção aos relógios inteligentes. Esta tem sido a plataforma mais estagnada da Google. Aliás, com o advento do Apple Watch a concorrência parece ter ficado “sem pilhas no relógio”.

A tecnológica norte-americana já lançou uma nova intro (abertura) para o sistema Wear OS tal como podem ver no final da página. Além disso a tecnológica também já terá atualizado a aplicação Android para Wear OS. Não perdendo tempo em atualizar todas as frentes com a nova marca.

Poderão consultar AQUI, o novo post no blog oficial da Google relativamente às novidades.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung quer conquistar o maior mercado da Sony

Samsung sofre forte revés no stock de memória por falta de eletricidade

Samsung Galaxy S9. 4 razões para comprar este smartphone Android

Fonte | Via 

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).