Samsung Galaxy S8
Conseguirá a Samsung acompanhar a procura pelo seu novo Galaxy S8?

Novas noticias acerca do Samsung Galaxy S8. Sem surpresas, especialmente considerando que o dispositivo será apresentado amanhã num evento em Nova Iorque, temos novidades acerca deste mesmo terminal. Todavia, não são boas as noticias que surgem hoje.

Em vez de novas imagens ou especificações de sonho, que são o habitual tema das revelações que convosco temos partilhado, temos hoje uma questão um pouco mais séria acerca do Samsung Galaxy S8 e S8+.

Ver ainda: Xiaomi Mi6 com resistência a água? Novo “leak” sugere isso mesmo

   

Como todos sabemos, estes dispositivos serão, previsivelmente, dos mais vendidos em 2017, considerando não só a sua espectável excelência, mas também pelo estatuto que a empresa sul-coreana tem pelos vários mercados mundiais. E para responder a toda a procura que estes dispositivos certamente terão, será necessário estar uma produção com um bom ritmo.

E aqui começa, segundo as informações reveladas pelo The Korean Herald, um problema ao qual a Samsung não está, alegadamente, a conseguir responder. Segundo a fonte, a produção dos novos processadores Exynos 8895 da Samsung, bem como dos Qualcomm Snapdragon 835 (que equipará o Galaxy S8 em alguns mercados) não estará a conseguir responder adequadamente às exigências do mercado.

Segundo esta fonte, a produção destes processadores estará “atrasada relativamente às expectativas do mercado”, pelo menos no que toca ao Exynos 8895. Juntando isto ao facto de termos já, nos últimos meses, sabido de algumas informações sobre o Snapdragon 835, cujo atraso na produção terá impedido alguns dispositivos como o LG G6 e o HTC U Ultra de integrar este novo chipset, estaremos, possivelmente, perante uma situação algo complicada para a Samsung.


No seguimento deste tema, a própria Forbes terá indicado que os processadores Qualcomm Snapdragon 835 “não serão distribuidos em grandes quantidades até depois do lançamento do Samsung Galaxy S8”.

Nem tudo são más noticias relativamente à exigência do mercado. A Samsung terá expectativas de que as pré-vendas dos Galaxy S8 e S8+ cheguem a ultrapassar as do Samsung Galaxy Note 7, smartphone que está de regresso, após a sua retirada do mercado tão polémica dado os recorrentes problemas da sua bateria.

Em conclusão, parece claro que a Samsung conseguirá apresentar números impressionantes nas unidades vendidas do seu novo topo de gama. Por outro lado, pelo menos inicialmente, a exigência poderá ser tal que a produção poderá não conseguir acompanhar a procura, o que levará a ligeiros atrasos na sua distribuição pelos mercados, algo a averiguar aquando do seu lançamento oficial.

Outros temas relevantes:
Este é o HUAWEI P10 | Review completa ao flagship da Huawei
Atualização: iOS 10.3 deixa o teu iPhone ainda melhor!
Outlast 2: Red Barrels finalmente explica o que aconteceu

ViaAndroid Authority
FonteThe Korea Herald
Editor 4gnews e estudante de Direito, nos tempos livres é mais provável encontrar-me a explorar novos géneros musicais, filmes e séries e a passar um bom tempo com amigos e família.