Samsung Galaxy S8
Samsung Galaxy S8 e S8+ serão apresentados dia 29 de março em Nova Iorque

Muito não falta para sabermos todos os pormenores oficiais do novo Samsung Galaxy S8 e S8+, tendo já várias imagens e vídeos nos dado um breve olhar sobre o design dos mesmos. Com a apresentação marcada para dia 29 de março em Nova Iorque e poucos segredos por revelar, chega-nos hoje mais imagens respeitantes a este novo topo de gama. Desta vez, imagens da sua interface.

Como já é sabido, a Touch Wiz deixará de integrar os smartphones Samsung. Desta feita, a nova interface da gigante sul-coreana chegará com o nome Samsung Experience. Para nos dar uma pequena ideia da sua estética, estas novas imagens surgem hoje, e apesar da baixa qualidade das mesmas, aqueles que aspiram a futuros possuidores deste novo dispositivo poderão desde já ficar com uma noção do que esperar.

Ver ainda: Samsung Galaxy S8: Bastará o Marketing para recuperar o tempo perdido?

   

Tendo a Samsung Experience sobre o mais recente Android 7.0 Nougat, que correrá de fábrica (quase por certo) nos novos dispositivos, há um objetivo claro nesta transição entre interfaces Samsung. A empresa está a tentar tornar cada vez melhor e experiência de utilização, simplificando processos e tornando o sistema mais “amigo” do utilizador.

O sensor de impressões digitais do Samsung Galaxy S8

Quando os rumores sobre o novo terminal começaram a surgir, a localização do seu leitor de impressões digitais foi um tema muito discutido. Sendo já costume os dispositivos da linha Galaxy S fundirem este leitor com o seu Home Button, a parte frontal seria o local mais esperado para alojar este sistema tão comum nos dias de hoje.

Dada a nova ergonomia do Galaxy S8 e S8+, com um ecrã que ocupa quase toda a parte frontal do terminal, rumores surgiram sobre a possibilidade de este sensor se encontrar embutido na própria tela de vidro frontal. Como já deu para perceber graças à panóplia de leaks que tem surgido, isto não acontecerá, com este sensor a passar assim a ladear a câmara traseira do Galaxy S8.


Mas porque não decidiu a Samsung incluir este sistema inovador no seu novo flagship? A pergunta parece mais que pertinente, especialmente tendo em conta que a empresa teria acesso a esta tecnologia, cortesia da Synaptics, um dos seus principais fornecedores, possuidor deste sistema.

Pois bem, a resposta a esta questão surge por via do The Korea Herald. Segundo revelado por este site, a integração deste sistema teve como principal impeditivo o tempo. Ambas as empresas levaram a cabo vários testes, os quais revelaram resultados frustrantes.


Tudo isto levou a uma mudança de planos no ultimo minuto, pois a sua integração levaria a um grande atraso do lançamento do novo dispositivo, não podendo a empresa da Coreia do Sul dar-se a esse luxo, especialmente depois da saída antecipada do mercado do Galaxy Note 7.

Não só o tempo perdido no desenvolvimento desta tecnologia poderá ter sido uma perda de tempo, mas também fará com que a Samsung não seja a primeira a trazer este tipo de sistema aos seus terminais. Com a possibilidade de a Apple integrar nos seus novos iPhones um sistema semelhante, é uma grande perda para a sua principal rival no mercado.

Boa opção da Samsung neste recuo? Apenas o tempo e os reflexos do mercado o poderão dizer. Fica atento para mais novidades sobre o Samsung Galaxy S8 e S8+, que, dado o passado recente, prometem ser muitas.

Outros temas relevantes:
A SONAE e a sua forte aposta em inovação durante 2016
Subnautica: O jogo indie da semana
Casaco da Levi’s com parceria Google chegará em breve por 300€

ViaPhone Arena
FonteSammobile
Editor 4gnews e estudante de Direito, nos tempos livres é mais provável encontrar-me a explorar novos géneros musicais, filmes e séries e a passar um bom tempo com amigos e família.