Fitbit Charge 5 é oficial e chega mais apetrechada que a Xiaomi MI Band 6

Carlos Oliveira
Comentar

A Google apresentou hoje (25) a sua mais recente pulseira de fitness. A Fitbit Charge 5 chega com um conjunto de sensores e funcionalidades muito interessantes, mas terá de enfrentar a feroz concorrência da Xiaomi Mi Band 6.

Podemos dizer que a Fitbit Charge 5 é a alternativa premium à smartband da Xiaomi. Embora concorram no mesmo segmento de mercado, a nova pulseira da Google é mais cara e conta com mais funcionalidades.

Já no que respeita ao seu design, a Fitbit Charge 5 apresenta-se 10% mais fina que a sua antecessora. As suas pulseiras foram revistas, utilizando agora as Infinity Bands que, segundo a Google, serão mais confortáveis durante a atividade física.

Fitbit Charge 5 destaca-se pela presença de ECG

De facto, é nas funcionalidades de saúde que a Fitbit Charge 5 se destaca da sua grande rival, a Mi Band 6. A nova pulseira da Google suporta a funcionalidade ECG, que permitirá aos utilizadores realizar um eletrocardiograma diretamente no pulso.

Para isso, o utilizador terá apenas de encostar o dedo na estrutura metalizada da Fitbit Charge 5 durante 30 segundos. Importa, contudo, notar que esta funcionalidade não estará imediatamente disponível assim que comprares esta pulseira de fitness.

Fitbit Charge 5

Outras funções de relevo englobam a medição dos níveis de stress do utilizador. Haverá ainda a possibilidade de medir a temperatura da pele que entrou bastante em voga com o aparecimento da pandemia COVID-19.

A Fitbit Charge 5 não descura outras funcionalidades bastante populares nas smartbands. Com efeito, temos o habitual sensor de batimentos cardíacos que poderá medir a variação de batimentos e os seus níveis em descanso. Não esquecer o sensor SpO2 para medição dos níveis de oxigénio no sangue,

Relativamente a desporto, a Fitbit Charge 5 conta com ligação GPS GLONASS que ajudará a fazer uma monitorização mais precisa das tuas atividades. Para te manter motivado, a aplicação companheira irá propor alguns exercícios com base nas tuas atividades.

Importa notar que esta pulseira poderá ser usada em natação, tendo em conta a sua resistência à submersão até 50 metros. Conta ainda com suporte nativo para exercício de alta intensidade (HIIT).

Fitbit Charge 5

Chega com ecrã AMOLED e Always-on Display

Todas as métricas acima mencionadas poderão ser visualizadas através do seu ecrã AMOLED de 1,04" polegadas. Este estará protegido por vidro Gorilla Glass 3 para maior resistência às adversidades.

Com a funcionalidade Always-on Display tens a garantia de que as informações mais importantes estarão sempre visíveis no ecrã da Fitbit Charge 5. Contudo, importa notar que isso terá impacto na autonomia da pulseira.

Sem o Always-on Display ativo e monitorização constante de SpO2, estão prometidos até 7 dias de uso contínuo. Valores que derrapam para os 5 dias de uso caso tenhas o GPS sempre ativo.

A Fitbit Charge 5 já se encontra em fase de pré-venda com um preço de 180 €. É, de facto, um valor puxado e bastante mais caro do que é pedido pela Xiaomi Mi Band 6, atestando o seu estatuto premium.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.