FIFA 23: estes são os 11 jogadores que mais evoluíram (há um português no meio)

Bruno Coelho
Comentar

Oficialmente o FIFA 23 será lançado no próximo dia 30 de setembro. Mas a antever esse título da Electronic Arts, está a divulgação das pontuações gerais dos jogadores. E a EA já revelou aqueles que mais evoluíram de uma edição para a outra.

Vitinha é o jogador que mais evoluiu do FIFA 22 para o FIFA 23

Como podes ver na lista abaixo, o Paris Saint-Germain é o clube com mais razões para sorrir neste sentido. Isto porque conta com Hugo Ekitike nas suas fileiras, o jogador que mais evoluiu do FIFA 22 para o FIFA 23.

O jogador passa de um rating de 61 para 76. E também perto do topo da lista está o português Vitinha, também jogador do PSG. O ex-FC Porto passou de um rating de 67 para 79. Quem também encontramos nesta lista é Fran Navarro, jogador do Gil Vicente. Este passou de 63 para 75.

Os 11 jogadores que mais evoluíram no FIFA 23

  • PL: Hugo Ekitike – 76 OVR (Paris Saint-Germain) +15 pontos
  • DD: Tino Livramento – 75 OVR (Southampton) +14 pontos
  • DC: Warmed Omari – 75 OVR (Stade Rennais) +13 pontos
  • MC: Vitinha – 79 OVR (Paris Saint-Germain) +12 pontos
  • DC: Nicoló Casale – 76 OVR (Napoli) +12 pontos
  • PL: Fran Navarro – 75 OVR (Gil Vicente) +12 pontos
  • DC: Castello Lukeba – 76 OVR (Olympique Lyonnais) +11 pontos
  • DC: Nico Schlotterbeck – 82 OVR (Borussia Dortmund) +10 pontos
  • EDR: Wilfried Singo – 76 OVR (Torino) +10 pontos
  • EDR: Djed Spence – 75 OVR (Tottenham Hotspur) +10 pontos
  • PL: Georginio Rutter – 75 OVR (Hoffenheim) +10 pontos

Acaba por ser interessante que estejamos a habituados a encontrar jogadores do FC Porto, SL Benfica ou Sporting CP nesta lista. Mas com a saída de Vitinha para o PSG, é Fran Navarro a representar a Liga Portuguesa na lista.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.