Facebook não quis 'abrir os cordões à bolsa' para comprar a Fitbit

Carlos Oliveira
Comentar

Uma das notícias de ontem foi a compra da Fitbit pela Google por um valor de 2.1 mil milhões de dólares. Com a concretização deste negócio, veio a saber-se que também o Facebook quis comprar a mesma empresa.

De acordo com o que avança o The Information, a razão para que essa compra não se concretizasse foi os valores envolvidos. Ao que tudo indica, a proposta do Facebook ficou-se pelos mil milhões de dólares, ou seja, metade daquilo que a Google pagou.

Facebook interessado em expandir a sua presença no mercado do hardware?

A revelação do interesse do Facebook na Fitbit levanta questões face aos planos da empresa para o seu segmento do hardware. Sendo a Fitbit uma empresa com know-how em produtos de monitorização de atividade física e de saúde, isso indica-nos que a empresa de Mark Zuckerberg queria entrar nesse mundo.

Atualmente, o Facebook não tem expressão nenhuma no segmento dos wearables. A responsável pela rede social possui no mercado os dispositivos de Realidade Virtual Oculus e os ecrãs inteligentes Portal. Dois produtos que em nada têm que ver com a atividade da Fitbit.

Os valores envolvidos na proposta do Facebook também podem mostrar que a empresa não estava assim tão interessada na compra da Fitbit. Não sabemos se a empresa de Zuckerberg tinha conhecimento dos valores oferecidos pela Google, mas se o sabiam e não igualaram, mostra que o interesse não era assim tão elevado.

Fitbit poderá mudar a influência da Google no mercado dos wearables

Com a compra da Fitbit pela Google, ficou a promessa do lançamento de produtos wearables com o selo "Made by Google". Isto significa que em breve poderemos ficar a conhecer o tão aguardado Pixel Watch.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.