Estúdio de Cyberpunk 2077 ameaçado com processo por fraude

Abílio Rodrigues
Comentar

De acordo com o New York Times, um grupo de advogados e investidores polacos está a considerar avançar com um processo judicial conta o estúdio responsável por Cyberpunk 2077, a CD Projekt RED.

Mikołaj Orzechowski, um dos advogados, argumenta que os executivos do estúdio enganaram os seus investidores de forma a obter financiamento para o jogo, convidando os lesados a avançar para tribunal com uma queixa por fraude.

Muitos jogadores consideram Cyberpunk 2077 uma fraude

pic.twitter.com/jtF5WKCiro

— Cyberpunk 2077 (@CyberpunkGame) 14 de dezembro de 2020

Ao longo das últimas semanas muita tinta tem corrido sobre os bugs do jogo, que parecem afetar maioritariamente os que o correm na PS4 ou Xbox One.

Jogadores de PC e das consolas de nova geração referem alguns bugs, mas nada que impeça uma experiência razoavelmente agradável, isto se os seus saves não atingirem o tamanho de 8MB, altura pela qual ficam irreparavelmente corrompidos.

Apesar disto, a forma como o estúdio conduziu o processo mesmo antes do lançamento tem levantado várias questões. Os meios especializados receberam apenas cópias de Cyberpunk 2077 para PC, ficando dessa forma impedidos de mostrar o estado desastroso do jogo nas consolas mais antigas.

Essa atitude tem sido agora vista como premeditada, e até os próprios funcionários do estúdio já manifestaram o seu desagrado para com as chefias, acusando-os de manchar de forma irremediável a sua reputação.

Cyberpunk 2077 representa grandes perdas para os investidores

O lançamento do RPG é já um dos mais conturbados da história, com muitos (incluindo funcionários do estúdio) a acusarem os seus responsáveis máximos de apressar a chegada do jogo às lojas, de forma a cumprirem os prazos irrealistas a que sujeitaram os produtores.

A suspensão da venda de Cyberpunk 2077 na loja online da Sony, assim como os reembolsos que terão de ser feitos aos clientes desagradados com o produto final em todas as plataformas, parecem representar perdas elevadas para os investidores.

Os próprios fundadores da CDPR, ao que tudo indica, perderam mais de mil milhões de dólares devido à desvalorização das ações da companhia, quebra de receitas que, naturalmente, afetou também outros acionistas.

Agora, os executivos da CD Projekt RED podem estar na iminência de sofrer mais um rude golpe financeiro, caso o processo avance e venham a ser condenados.

Inevitável parece ser a perda de confiança dos jogadores naquele que era, antes de Cyberpunk 2077, um dos estúdios de videojogos mais adorados do planeta. A história tem provado que são capazes de reverter situações negativas, veremos se conseguem voltar a fazê-lo agora.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.