Em 2024 todos os iPhones vão esconder esta surpresa no seu interior

Mónica Marques
Comentar

A Apple deverá começar a receber este ano, os chips de 3 nm da TSMC que, infelizmente, já não vão chegar a tempo de ser integrados no iPhone 14.

Mas ao que tudo indica, em 2024 os novos chips de 3 nm vão ser integrados em todos os modelos do iPhone, sejam modelos Pro ou não Pro.

iPhone 15 vai ser equipado com chips de 3 nm da TSMC

iPhone 13
Os modelos não Pro do iPhone 14 vão manter o chip A15 Bionic da geração anterior Crédito@Apple

Ainda durante este ano, a Apple vai receber os novos chips de 3 nm da TSMC. Visto que o iPhone 14 será lançado em meados de setembro, os tão aguardados processadores já não chegam a tempo de ser integrados nesta geração do smartphone.

Mas com o iPhone 15, a situação será completamente diferente. De acordo com os últimos rumores, os novos chips da TSMC vão ser integrados em todas as variantes da série iPhone 15, sejam estas modelos Pro ou não Pro.

Recorde-se que 3 nm é o processo mais recente para fabricar os processadores mais avançados do momento. Na verdade, quanto mais pequeno for o valor em nanómetros, maior é o número de transístores num chip. E quantos mais transístores o chip tiver, mais poderoso e eficiente a nível energético será.

Por outras palavras, o chip 3nm da TSMC é o melhor atualmente, visto que os atuais Snapdragon 8+ Gen 1 e Snapdragon 8 Gen 1 são baseados no processo 4 nm da TSMC.

Modelos Pro do iPhone 14 vão ter o chip A16 Bionic baseado no processo 4 nm

O iPhone 14 vai chegar ao mercado com um novo processador. Ou melhor dizendo, os modelos iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max vão integrar o novo processador A16 Bionic, proprietário da Apple.

Este processador utiliza ainda o processo de fabrico 4 nm da TSMC, tal como os atuais chips de topo da Qualcomm, Snapdragon 8+ Gen 1 e Snapdragon 8 Gen 1. Mas os modelos não Pro vão manter o processador A15 Bionic, presente na geração anterior.

Este último processador utiliza o processo de 5 nm, também da TSMC. Com 15 mil milhões de transístores, o A15 Bionic é também potente e eficiente a nível energético, mas não tanto como será o A16 Bionic baseado em 4 nm.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.