Cyberpunk 2077: Bug no PC provoca corrupção permanente dos saves!

Abílio Rodrigues
1 comentário

Mais um dia que passa, mais um episódio da infeliz história que é o lançamento de Cyberpunk 2077, com a sua lista infindável de bugs para resolver.

O mais recente é bastante grave, com vários jogadores a descobrirem que o seu save ficou corrompido de forma irreparável depois de atingir o tamanho de 8MB.

Cyberpunk 2077 com bug grave na versão para PC

Bug de Cyberpunk 2077 no PC

Ao que parece, o problema tem origem no crafting de items, que aumenta consideravelmente o espaço ocupado pelo save no disco. Os fóruns de plataformas como a GOG estão carregados de mensagens de jogadores com este problema, levando mesmo os responsáveis pela plataforma a dar a seguinte resposta:

"Infelizmente esses saves estão danificados e não podem ser recuperados. Por favor usem um save mais antigo para poderem continuar a jogar, e mantenham o crafting de items a um mínimo.

Se recorreram ao glitch de duplicação de items, por favor carreguem um save que não tenha sido afetado por esse glitch. O limite do tamanho dos saves pode vir a ser aumentado numa atualização futura, mas os ficheiros corrompidos vão continuar corrompidos."

Corrupção dos saves é permanente e não pode ser revertida

O bug não parece ser o limite arbitrário de 8MB, mas antes um problema com a estrutura de dados. Quer isto dizer que os saves com 8MB ou mais são guardados noutras estruturas de dados, até ser registado por cima de dados críticos, corrompendo de forma permanentemente os saves dos jogadores.

A CD Projekt Red já reconheceu estar ciente de mais este problema e da inexistência de uma solução imediata. Resta agora esperar por mais um Hotfix que resolva esta questão, mas se foste afetado podes esquecer voltar a usar o save corrompido.

Com vários jogadores a relatarem já mais de 100 horas de jogo perdidas, são cada vez mais as vozes que se levantam para condenar o desastroso lançamento do jogo.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.