CUIDADO: Apps com mais de 440 milhões de downloads na Play Store tinham adware!

Vitor Urbano
Comentar

A empresa de segurança móvel Lookout, revelou que uma nova investigação descobriu centenas de Apps com um novo adware disponíveis na Google Play Store. Tornando ainda mais grave a situação, as aplicações analisadas contam com mais de 440 milhões de downloads.

Este novo adware "BeiTaAd" não coloca (alegadamente) em risco a privacidade dos utilizadores, mas é tão agressivo que pode tornar um smartphone completamente inutilizável.

O que é um adware e o que faz este "BeiTaAd" em concreto?

Um adware é um software criado com o objetivo de apresentar de anúncios indesejados aos utilizadores, de forma bastante intrusiva. Com o exponencial crescimento dos smartphones, começaram rapidamente a ser um dos alvos principais de muitos hackers.

O "BeiTaAd" mais concretamente, apresenta-se como um adware extremamente agressivo. Escondido de forma 'genial' dentro do código das aplicações, pode demorar entre 24 horas a 14 dias para ser ativado. Uma vez no ativo, o adware 'toma conta do telemóvel', começando a apresentar anúncios indesejados em literalmente todo o lado.

Este tipo de anúncios, apelidados de out-of-app ads, bombardeiam o utilizador com publicidade a toda a hora e em qualquer situação. Seja durante a receção de uma chamada, enquanto estás a navegar nos menus, ler mensagens no WhatsApp ou até quando o telemóvel está inativo e bloqueado.

A ação deste adware é tão agressiva que pode mesmo tornar um smartphone totalmente inutilizável.

Quais as aplicações que contêm este adware

De acordo com o relatório publicado pela Lookout, todas as aplicações encontradas com o "BeiTaAd" foram publicadas pela empresa CooTek. Apesar de tudo indicar que a empresa estava consciente da presença deste adware nas suas Apps, a Lookout afirma que não têm provas suficientes para atribuir responsabilidade total à CooTek.

Google Play Store Apps Adware

Entre as mais populares aplicações, encontramos o TouchPal Keyboard. Que continua disponível na Google Play Store e conta com mais de 5 milhões de instalações. O portefólio da CooTek apresentado no seu site oficial, conta ainda com as seguintes aplicações:

  • Step Tracker
  • HiFit
  • ManFIT
  • Abs Workout
  • Drink Water Reminder
  • Horoscope Secret
  • Cherry
  • Blue Light Filter
  • VeeU
  • Breeze
  • TouchPal PhoneBook

Podes ver a lista completa publicada pela Lookout no final do artigo publicado no seu blog oficial.

Google deixa passar em claro esta violação dos seus termos e condições

Ainda que o relatório minucioso da Lookout comprove que a CookTek é responsável por todas as aplicações onde foi identificado o adware, a Google não tomou nenhuma medida de punição.

Como resultado do relatório da empresa de segurança, as aplicações foram removidas ou simplesmente 'corrigidas' de forma a eliminar o adware. A Google manteve uma posição neutra, quando o esperado seria proibir que a empresa voltasse a disponibilizar aplicações para os utilizadores Android.

Uma vez mais, este acontecimento prova que os sistemas de segurança implementados na Play Store estão longe de serem perfeitos. Por isso, mantém os olhos abertos quando procuras aplicações na loja da Google e não instales nada que pareça minimamente duvidoso.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.