Coronavírus: China está a censurar mensagens no WeChat sobre a doença

António Guimarães
Comentar

Além de controlar a doença, o governo chinês também está a tentar controlar a informação sobre o Coronavírus. De acordo com testes feitos pelo Citizen Lab, a plataforma de conversação WeChat (digamos o WhatsApp chinês) está a bloquear a palavra "Coronavírus" ou informações relacionadas.

O grupo de pesquisa, baseado no Canadá, criou 3 contas de WeChat diferentes e baseou-as na China, Estados Unidos e Canadá. As contas agregadas aos Estados Unidos e Canadá não tiveram informações censuradas. Contudo, a da China sim, onde as mensagens relativas ao Coronavírus simplesmente não eram enviadas.

xfgfxg
Esquerda: conta americana | Direita: conta chinesa

As mensagens censuradas incluem notícias e artigos sobre a doença. O Citizen Lab avança ainda que a censura começou no início de janeiro e já 516 palavras-chave relacionadas com o COVID-19 foram censuradas pela aplicação, por sanção do governo chinês.

Este é mais um triste exemplo da censura interna que a China pratica. Alguns dos artigos censurados criticavam o governo chinês na resposta ineficaz ao Coronavírus ou faziam referências bastante neutras à doença.

Tencent diz que são apenas "ferramentas" contra desinformação

A Tencent, conglomerado de empresas e proprietária do WeChat, afirma que disponibilizam ferramentas e funcionalidades para ajudar os utilizadores a manterem-se seguros face à ameaça de saúde pública. Isso inclui remover potenciais artigos que possam ser considerados desinformação.

Infelizmente, não é o caso. O Citizen Lab encontrou vários artigos censurados sobre o Dr. Li Wenliang, um dos primeiros médicos a tentar avisar o público sobre o Coronavírus. Wenliang faleceu em fevereiro após contrair a doença, durante o tratamento de vários pacientes. Talvez o governo chinês devesse estar mais preocupado em conter a epidemia do que censurar o que as pessoas dizem.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.