A Huawei será uma das estrelas da Mobile World Congress (MWC) de 2017. A feira que se realiza em Barcelona e que se inicia já no final deste mês terá a presença da empresa chinesa e de tantas outras.

Vê também: Nougat chegará apenas em abril para alguns Samsung Galaxy S7

   

E claro, como não podia deixar de ser, a 4gnews também estará lá para cobrir tudo que se passar ao longos dos dias em que decorrerão as apresentações. Inúmeras notícias no site e vídeos em primeira-mão, no YouTube, é o tipo de conteúdo que não irá faltar. Por isso, antes de mais, subscreve o canal de YouTube da 4gnews para que tenhas um olhar pioneiro e privilegiado sobre os Huawei P10, P10 Plus e tantos outros smartphones.

Porém, se até aqui tudo podia ser surpreendente, agora será um pouco mais difícil. De facto, uma nova imagem caiu em leak esta manhã e nela podemos ver que teremos três variantes do Huawei P10 e duas do P10 Plus.

Ao que parece, pela imagem, a Huawei abandonará, de vez, o leitor de impressões digitais na parte traseira dos equipamentos. Estes passarão a apresentá-lo por baixo do ecrã. Quanto ao ecrã teremos também diferenças uma vez que o P10 terá um ecrã flat (comum) e a versão Plus um ecrã edge (de laterais curvas).


Quanto às reais diferenças entre as variantes de cada terminal, o Huawei P10 será comercializado com 4GB de RAM e 32GB ou 64GB de armazenamento interno. A terceira versão terá mais RAM e mais armazenamento, ou seja, 6GB e 128GB, respetivamente. As diferenças de preço entre estas versões do P10 serão de 100€ cada. Assim, teoricamente, o mais barato custará 500€, o seguinte 600€ e o mais caro chegará por 700€, aproximadamente.

No que toca ao Huawei P10 Plus, o mesmo poderá ser adquirido com 4GB de memória RAM e 64GB de armazenamento ou, por outro lado, 6GB de RAM e 128GB de memória interna. A versão mais básica, com as devidas aspas, do P10 Plus, custará um pouco mais que a mais cara do P10, ou seja, um pouco mais que 700€. Já a versão premium deste Huawei terá um preço superior a 800€, podendo até ficar bastante próximo dos 900€.

Ao que parece, este rumor desmente um anterior relativo aos preços destes terminais, na medida em que, afinal, haverá, pelo menos um modelo, com um preço em redor dos 500€ como aconteceu em 2016.

O mais interessante até, passar por ver que, desta vez, a empresa que já conquistou o mercado de gama-média em Portugal (e noutros países), quer fazer o mesmo com os seus flagships. Isto porque, assumindo que os preços finais serão aqueles, a Huawei conseguirá colocar no mercado cinco equipamentos que cobrem uma faixa de preço que varia entre os 500€ e os 900€.

Sem dúvida que, caso isto vire realidade já no dia 26 de fevereiro, a estratégia da Huawei terá tudo para ser um sucesso. Veremos o que acontecerá.

Outros assuntos relevantes:

Depois do Note 7 a Samsung procura novo fornecedor de baterias

Nougat chegará apenas em abril para alguns Samsung Galaxy S7

Sony volta a baixar as expectativas de vendas para os seus Xperia’s 

FontePhoneArena
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.