Como seriam o Nokia 3310 e o Ericsson T28 hoje em dia?

Rui Bacelar

O novo milénio contava ainda com poucos meses, Portugal começava a fervilhar com o Euro 2004, a Britney Spears era a rainha da Pop, as rádios não paravam de tocar a "Be with you" do Enrique Iglesias e a "Beautiful Day" dos U2. Corria o ano de 2000 que marcou o despontar de duas lendas, o Nokia 3310 e o Ericsson T28.

Volvidos quase 15 anos permanecem na memória certos telemóveis que continuam nas nossas gavetas ou simplesmente nas nossas recordações do início do século XXI.

Um deles é o Nokia 3310, o outro, o Ericsson T28. Toda a gente queria ter um destes dois, eram simplesmente os melhores que o dinheiro podia comprar. O Nokia escusa apresentações, era fantástico desde o Snake até às capas personalizáveis com milhares de combinações. Foi o telemóvel pelo qual fiz birra na altura.

O Ericsson T28 tinha um design muito elegante, com a porta, teclado e disponível numa grande variedade de cores. Esse equipamento não me passou pelas mãos mas era muito comum nos primeiros anos do séc. XXI e aquela porta dava-lhe um look muito formal.

Claro que hoje em dia ninguém quer algo com um ecrã a preto e branco, ou a verde e branco, pesado e sem nenhuma das regalias a que os smartphones nos habituaram, mas o apelo que estas relíquias possuem é muito forte e por isso mesmo, o designer iPhone.

E que tal um Nokia 3310 com uma câmara de 41 MP PureView? Ou então com um grande ecrã monocromático e claro, Windows Phone em ambas as versões? Ou o Ericsson T28 correndo Android, com um ecrã monocromático desnivelado para acomodar a porta. O que achas?

Eras capaz de usar alguma destas relíquias com as funcionalidades de um smartphone? Ou preferes a versão original?

Talvez queiras ver:

  • Samsung Galaxy A5- Todas as especificações
  • Android Lollipop- todas as novidades!
Queres ser o MAIOR? Então informa-te em como o ser aqui!

Deixa a tua opinião nos comentários, um Like na página do .

Aplicação para Android Windows Phone 4Gnews.pt 8 e 8.1 via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.