Chip Snapdragon 8 Gen 2 vai concentrar-se neste ponto para a próxima geração de smartphones de topo

Mónica Marques
Comentar

Em novembro, a Qualcomm deverá apresentar oficialmente o seu novo chip Snapdragon 8 Gen 2 que será o “coração e o cérebro” da próxima geração de smartphones de topo.

Os rumores mais recentes indicam que o processador vai dar prioridade à eficiência de energia e poupar a vida útil de bateria de alguns flagships icónicos.

Qualcomm está a otimizar o consumo de energia do seu novo processador

Snapdragon 8+ Gen 1
O Snapdragon 8+ Gen 1 é uma versão otimizada do chip Snapdragon 8 Gen 1, apresentado em novembro de 2021 Crédito@Qualcomm

Em novembro deste ano vamos conhecer o próximo processador premium da Qualcomm que deverá chegar com a designação Snapdragon 8 Gen 2. Logo de seguida, teremos as marcas a lançar no mercado a sua próxima geração de smartphones de topo equipados com este chip.

Por essa razão, começam a surgir os primeiros rumores sobre as novidades que tão relevante processador poderá trazer consigo. E a primeira deverá deixar a comunidade de utilizadores bastante animada.

Parece que a Qualcomm está a otimizar a eficiência energética do seu novo processador, dando prioridade a essa funcionalidade tão importante que é a de poupar a vida útil da bateria do smartphone.

Os atuais chips Snapdragon 8 Gen 1 e Snapdragon 8+ Gen 1 fornecem um desempenho de topo, mas também consomem muita energia, além de gerarem muito calor, sobretudo o primeiro processador aqui referido.

Mas, de acordo com as informações divulgadas, a Qualcomm está a corrigir esta falha e para que tudo corra pelo melhor voltou a juntar a equipa que desenvolveu um dos chips mais bem-sucedidos da marca no que respeita à relação potência/desempenho: o Snapdragon 835.

Apesar de a equipa ser a mesma, os desafios são significativamente diferentes. Recorde-se que o Snapdragon 835 foi construído no processo de 10 nm, o que está muito longe do atual fabrico baseado em 4 nm e, muito em breve, em 3 nm.

Espera-se que o novo processador Snapdragon 8 Gen 2 seja baseado no processo de 4 nm de segunda geração da TSMC, o que deve permitir à Qualcomm fazer todos os ajustes necessários para otimizar o consumo de energia, sem afetar negativamente o desempenho do chip.

Entretanto, sabe-se já também que o novo chip tem o nome de código Kailua e o número de modelo SM8550 e parece que terá uma constituição invulgar. Dizem os rumores que o processador vai integrar um núcleo Cortex-X3 – que irá aumentar o desempenho em 25% face ao núcleo X1 presente na geração –, dois núcleos Cortex-A715, dois Cortex-A710 e três Cortex-A510.

Samsung Galaxy S23 Ultra e Xiaomi 13 com processador Snapdragon 8 Gen 2

Entretanto, foram já apontados alguns dos modelos de topo que vão ser alimentados pelo novo processador Snapdragon 8 Gen 2 da Qualcomm. Entre novembro e dezembro deste ano, será apresentada a nova série Xiaomi 13, cujos modelos serão dos primeiros disponíveis no mercado (possivelmente chinês) com este chip integrado.

Esta será uma das grandes novidades da série chinesa que poderá juntar à lista de especificações o chip Surge P1, proprietário da marca, para uma gestão de energia ainda mais eficiente.

Por outro lado, também o flagship Galaxy S23 Ultra é apontado para integrar o novo chip Qualcomm. E desta vez, o modelo poderá ser disponibilizado em todas as regiões do mundo com o processador Snapdragon 8 Gen 2.

Com o abandono da integração de um novo chip Exynos, a Samsung vai permitir aos utilizadores europeus experienciar o modelo Galaxy S de topo com processador Qualcomm, o que até agora não era possível.

Mas o Galaxy S23 Ultra apenas será oficializado em fevereiro de 2023. Apesar de ser revelado muito mais tarde, o modelo Samsung poderá ganhar vantagem sobre a série Xiaomi 13. Tudo porque será lançado logo a nível global enquanto que a marca chinesa deverá começar por fazer um lançamento exclusivo no seu mercado nacional, a China.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.