China vai restringir horas e compras dentro dos jogos para menores

António Guimarães
Comentar

A China possui a maior e mais ativa comunidade de jogos do mundo, o que traz algumas consequências para a sociedade asiática. Vício em jogos é um grande problema na China, principalmente entre os mais jovens. Assim sendo, o seu governo implementou leis mais severas no que toca a jogos e menores.

As novas regras de jogos para menores

Em primeiro lugar todos os jogadores terão de se registar em qualquer jogo com os seus nomes verdadeiros. Este método irá posteriormente cruzar os dados para verificar se se trata de uma pessoal real e não uma conta falsa, para que os menores não possam mentir sobre a idade.

Contudo, essa é a regra mais branda. Jogadores menores estão restringidos a uma hora e meia de jogo por dia, com 3 horas nos feriados e fins-de-semana. Além disso, jogar no horário entre as 22:00 da noite e 08:00 da manhã é proibido.

Em relação a compras dentro dos jogos ou aplicações, jogadores com menos de 8 anos não poderão fazê-las. Jovens entre os 8 e 16 anos podem gastar até 25 euros por mês, onde cada transação não pode exceder os 5 euros. Já jogadores entre os 16 e 18 anos tem um limite de 50 euros por mês.

Deviam ser os pais a impôr limites, não o governo

Este é um assunto que facilmente divide opiniões. Contudo, a meu ver, a educação começa em casa. A China é infelizmente um país demasiado controlado pelo seu governo, que assume um papel de "pai" ou "irmão mais velho". Cabe aos pais de cada criança incutir responsabilidade e disciplina em relação a jogos.

Ao instaurar leis do género, por mais bem intencionadas que possam ser, o estado está a interferir com as liberdades individuais de cada indivíduo e a retirar autoridade aos pais, que devem ser a figura máxima de autoridade aos olhos dos menores.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.