Motorola Moto X

No último quarto de 2014 (Q4), a Motorola (agora propriedade da Lenovo), vendou mais de 10 milhões de smartphones.

Comparativamente a outras marcas, estes 10 milhões até podem parecer um número modesto mas para a Motorola representam um aumento de 118%  nestes últimos 3 meses de 2014, relativamente ao período homólogo de 2013. A Lenovo prevê que daqui a pouco mais de um ano, a Motorola volte a ter lucros significativos.

   

Confiante neste crescimento e sucesso dos equipamentos Motorola, a sua dona já está a planear o regresso a todos os mercados mundiais, sendo um dos primeiros, o mercado chinês. O Moto X liderará a campanha na China e o prognóstico já é bastante favorável.

O COO da Motorola, Rick Osterloh, referiu recentemente que o potencial da sua marca reside na oferta  de uma alternativa a outros equipamentos premium, com uma relação qualidade/preço muito superior.

“A cada sete anos, a figura que está no topo do mercado acaba por desaparecer. Nós estamos a atravessar uma dessas fascinantes mudanças, quantas as pessoas começam a aperceber-se que não precisam de pagar 700€ por um equipamento premium, para ter um experiência premium.”-declarações de Rick Osterloh.

De acordo com a Forbes (fonte), o chefe da Motorola disse que a seguir à Nokia e à BlackBerry, a próxima a perder o pódio será a Samsung. Sinceramente partilho do mesmo pressentimento, pequenos indicadores têm apontado nesse sentido e, a menos que o Samsung Galaxy S6 venha surpreender em todas as frentes, especialmente no preço, Rick Osterloh poderá ter transposto em palavras o que já muitos de nós começamos a pensar.

Qual a vossa opinião relativamente ao futuro da Motorola?

Talvez queiras ver:

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.