Cadeado da Xiaomi com sensor de impressões digitais está a um preço fantástico

Filipe Alves
Comentar

Se estás a pensar em comprar um cadeado (ou aloquete) e queres algo um pouco diferente, está na hora de conheceres o cadeado da Xiaomi que funciona com impressões digitais. Ou seja, não tens qualquer chave para abrir o cadeado. Em vez disso, colocas o teu dedo e magicamente ele abrirá.

Esta é uma forma muito mais segura de guardares algo de valor. Até porque os aloquetes com chave são facilmente abertos com outras chaves de outros aloquetes da mesma marca (com um pouco de jeitinho à mistura)

Sabe mais sobre o envio do cadeado da Xiaomi

Com este aloquete da Xiaomi isso não acontecerá. Precisarás de autenticar a tua impressão digital e está feito. A bateria durará (segundo as informações) uma média de 6 meses com a abertura de 4 vezes por dia.

Cadeado da Xiaomi custa menos de 13€

Cadeado da Xiaomi custa menos de 13€

O seu valor é o mais apelativo. Por menos der 13€, já com portes incluídos, este cadeado pode ser teu. Sinceramente, por este preço é melhor comprares uns quantos.

Cadeado da Xiaomi custa menos de 13€

Tens outros tipo de cadeados idênticos ao da Xiaomi, porém, os produtos da Xiaomi sabemos que é de qualidade. O cadeado é feito em aço inoxidável, resistente à água e poeiras com certificação IP66 e o sensor biométrico abre o cadeado em menos de 1 segundo.

A Xiaomi tem um grande catálogo de produtos e podes descobrir a nossa seleção dos melhores gadgets no mercado, além disso, podes ver a lista dos melhores telemóveis Xiaomi para diferentes usos e orçamentos!

Prémio RedDot em design

Cadeado da Xiaomi custa menos de 13€

Já não é a primeira vez que a Xiaomi ganha um prémio da RedDot, mas vale a pena salientar que não é fácil fazer de um cadeado elegante e minimalista o suficiente para ganhar um prémio destes.

Ou seja, este é o típico produto da Xiaomi que adorava ver nas suas lojas oficiais em Portugal, mas que não temos. Ainda assim, o seu preço das lojas online valem o possível tempo de espera.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.