BlackBerry KEYone chega à Europa no dia 5 de maio

Filipe Alves

Nem todos os nossos seguidores querem comprar um novo BlackBerry, mas para aqueles em que outrora foram donos de uma "amora preta" sentem certamente aquele bichinho que também tenho sentido.

O BlackBerry KEYone não é o smartphone mais bonito do mundo, aliás, depois do Samsung Galaxy S8 é difícil o smartphone que seja bonito no mercado, contudo, este BlackBerry KEYone tem algo que poucos oferecem.

Vê ainda: Samsung investe 9 Mil Milhões no próximo iPhone!

O teclado qwerty físico não é o preferível da malta jovem, todos sabemos disso, mas para todos aqueles que já viveram com um teclado destes, sabe que o feeling é inigualável.

Depois de muitos atrasos nas pré-vendas e lançamentos para o mercado, a TCL, dona da BlackBerry, prepara-se para lançar o seu smartphone de fato e gravata para o mercado.

De acordo com a Clove, um retailer do Reino Unido, informou que as unidades de pré-venda sairiam para os primeiros clientes no dia 5 de maio.

O valor do smartphone não é dos mais agradáveis, o BlackBerry KEYone chegará a 499£, 588€ (600$), um valor um pouco puxado para um dispositivo que não oferece especificações de topo.

BlackBerry KEYone chegará por 600€ ao mercado

Um dos factores que a BlackBerry quer investir o seu tempo é na segurança, este smartphone será dedicado a todos aqueles que querem ter a certeza que o seu dispositivo não é visto por terceiros.

Para além de consumidores privados, o marketing da BlackBerry saltará muito para o mercado empresarial e governamental pelas razões de segurança que referi anteriormente.

O nosso primeiro contacto com o BlackBerry KEYone foi muito positivo, veremos até que ponto é que este smartphone poderá restabelecer o nome da empresa no mercado mundial.

Outros assuntos relevantes:

Como saber se o teu produto Xiaomi é falso ou original? Tira já as tuas dúvidas

WhatsApp, a plataforma que nem os Corpos Policiais querem mais usar

A evolução de preços na linha Galaxy S da Samsung

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.