Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Black Friday 2022: fundador da Amazon aconselha a não fazer compras

Rui Bacelar
Comentar

A Black Friday 2022 está desvirtuada na periodicidade. Isto é, observamos uma diluição do conceito ao longo de duas ou mais semanas de descontos moderados, ao invés de um dia, uma sexta-feira, com descontos propriamente dignos de nota. Quem o diz é o fundador da Amazon, Jeff Bezos, deixando também outras recomendações aos consumidores.

Foi durante uma entrevista com a CNN que o magnata norte-americano e um dos homens mais ricos do mundo aconselhou os consumidores a não gastar dinheiro na Black Friday. Recordamos, a propósito, que este ano o "dia D" é o próximo dia 25 de novembro, a Black Friday propriamente dita.

Jeff Bezos aconselha a não fazer compras na Black Friday 2022

Jeff Bezos CEO da Amazon
Jeff Bezos, fundador da gigante das compras online, Amazon. Crédito: CNN

Tal como o "Natal" no início de novembro, também a Black Friday está diluída desde o início do mês. Porém, para o pai da Amazon, o conselho para as pequenas empresas e consumidores no geral é mais simples. Não comprem, tenham alguma reserva para emergências e outros imprevistos.

Ou seja, apesar de parecerem bons negócios, a época de descontos está tão estendida e esticada por semanas que as boas oportunidades são escassas. Por isso, e contemplando também a atual conjetura de inflação global, Bezos aconselha os consumidores a absterem-se de compras não essenciais.

O fundador da Amazon foi particularmente claro durante a entrevista com a CNN. Apesar de ser a figura icónica da maior plataforma de e-commerce, o seu conselho foi o de contenção. De acordo com Jeff Bezos, "se não estamos em recessão atualmente, é provável que seja uma questão de tempo até cairmos numa nova espiral recessiva".

Por isso, como empresário, o seu conselho passa por "manter uma reserva de fundos" e, além disso "evitar comprar produtos muitos caros", colocando a ênfase na poupança.

Atual situação económica de pré-recessão preocupa o fundador da Amazon

"O que vos posso dizer é que a economia não parece muito boa atualmente. Tirem algum risco da mesa... mantenham alguma pólvora seca à mão. Se estão a pensar em comprar uma televisão de ecrã grande, é melhor repensar essa comprar. O melhor é pegar nesse dinheiro e esperar, ver o que acontece…"

Tal como Jeff Bezos, também Elon Musk, CEO da Tesla, SpaceX e do Twitter partilhou um receio similar para com a economia mundial. Em simultâneo, vemos a empresa de Mark Zuckerberg a despedir mais 10 mil trabalhadores, a Microsoft a congelar contratações, entre outras empresas tecnológicas a seguir um mesmo rumo.

Em suma, sejam cautelosos nos investimentos, ou melhor, nas despesas tentadoras das Black Friday que, aliás, estão já em vigor na maior loja online do mundo.

Jeff Bezos offers his advice on taking risks right now -- and explains what he meant when he tweeted that folks should "batten down the hatches." https://t.co/XZHaNQBAMN pic.twitter.com/jgv3QmVJVE

— CNN (@CNN) 14 de novembro de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt