Bixby poderá ser o nome da nova AI da Samsung a chegar com o Galaxy S8

Carlos Oliveira

Samsung Galaxy S7

Os rumores em torno do novo flagship da Samsung começam a ser, cada vez mais, uma constante nestes últimos dias. Este é um fenómeno perfeitamente natural se tivermos em conta que o novo Samsung Galaxy S8 será, muito provavelmente, apresentado já em fevereiro próximo.

Vê também: Samsung investe US$ 1 bilião na produção de chips e Processadores

Várias novidades são já esperadas para o novo Galaxy S8 além do habitual incremento de especificações. Desde um design completamente renovado que irá abolir a versão com ecrã "flat", até a uma nova e redesenhada Inteligência Artificial, estes poderão ser os principais trunfos da Samsung para este seu novo equipamento.

Hoje vamos, uma vez mais, falar acerca da nova Inteligência Artificial da Samsung, que será desenvolvida em parceria com a Viv, que outrora esteve envolvida no desenvolvimento da Siri. Segundo um registo de marca vindo hoje a público, Bixby poderá ser o nome desta nova AI da Samsung.

A descrição desta nova marca vai de encontro ao que uma Inteligência Artificial é capaz de nos entregar. Na descrição deste novo registo podemos ver que o mesmo será empregue em softwares de gestão de dados pessoais, aplicações informáticas para smartphones, tablets e computadores ou ainda um software de reconhecimento de voz capaz de despoletar certas ações em smartphones via mãos-livres.

As razões pelas quais a Samsung resolveu optar por este nome em particular e em que equipamentos ela irá fazer uso do mesmo, isso é ainda um mistério. Contudo, especula-se que o Bixby poderá fazer a sua estreia já no próximo Samsung Galaxy S8, o que me parece perfeitamente plausível.

Talvez queiras ver:

Novo LeEco topo de gama prepara-se para ser apresentado

Xiaomi Redmi 4 será apresentado dia 4 de Novembro

Noto: Google soluciona o velho problema dos caracteres aos quadradinhos

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.