Bitcoin volta a subir e já se olha de forma séria para os 7000$

Filipe Alves

Bitcoin volta a subir e já se olha de forma séria para os 7000$Lembram-se quando há pouco tempo falamos que o Bitcoin estava nos 5000$? E quando, assim do nada, teve uma queda bruta devido à proibição das ICOs na China? Pois bem, o Bitcoin voltou a subir e parece não parar.

Já muitos analistas referiram que acreditam que em 2018 a "moeda" vá para os 10 mil dólares. Outros acreditam mesmo que a criptomoeda poderá um dia bater nas centenas de milhar de euros.

Vê ainda: Samsung transforma 40 Galaxy S5 numa mina de Bitcoin

Hoje o Bitcoin ultrapassou os 6600$ e acredita-se que facilmente chegará aos 7000$. Esta subida teve um maior impacto quando o CEO da CME (Chicago Mercantile Exchange & Chicago Board of Trade) anunciou que a empresa deverá começar a utilizar e a comercializar o activo em breve.

Bitcoin não abranda e só este ano subiu 500%

Isto significou um boost positivo no valor, tão positivo na verdade, que à medida que escrevo este artigo o Bitcoin já subiu 10$. A criptomoeda é volátil, mas sinceramente nunca a vi crescer e descer tão rápido num curto espaço de tempo.

É plausível acreditar que este crescimento venha a ter uma queda em breve, contudo, tudo indica que voltará a subir e olhará para os 7000$ já no próximo mês.

Se ainda não investiste em Bitcoins ou criptomoedas devias dar um olhar mais atento a isso mesmo. O mundo das "moedas virtuais" estão cada vez mais fortes e merece um respeito mais válido na sociedade.

Com a popularidade do Bitcoin, também as outras criptomoedas estão a ter uma subida considerável. Embora não de uma forma tão rápida, "activos" como Ethereum e Dash estão cada vez mais estáveis num mercado super volátil.

Assuntos relevantes na 4gnews:

China proíbe ICO’s e criptomoedas sofre uma queda ainda maior

Viver com criptomoedas por 2 semanas não foi complicado! (vídeo)

Podcast: Criptomoedas e BlockChain ao pormenor

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.