Atenção! Bug no Android está a frustrar utilizadores que usam o código PIN

Carlos Oliveira
Comentar

Em setembro passado, alguns utilizadores Pixel que usam o código PIN para desbloquear o seu Android não conseguiam entrar no seu equipamento. Passados já dois meses, parece que este bug ainda não foi corrigido e está agora a afetar smartphones de outras marcas.

Existem utilizadores de smartphones da Sony e OnePlus que começam a queixar-se do mesmo problema. Ao que tudo indica, este bug está a afetar modelos que corram o Android 9 ou Android 10.

Utilizadores não conseguem aceder ao smartphone pelo seu código PIN

O bug em causa manifesta-se quando os utilizadores tentam usar o seu código PIN para entrar no seu smartphone. Depois de validar o seu código, o ecrã do smartphone desliga-se e volta a ligar-se no ecrã de bloqueio, como se nada se tivesse passado.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY
Via GIPHY

Ou seja, caso não tenhas outro método de autenticação ativo ou disponível, ficarás impossibilitado de aceder ao teu equipamento. Um cenário que poderá ser problemático para quem precisar mesmo de usar o seu smartphone.

Problema terá origem num processo de validação da tua password

Recentes descobertas sustentam que a causa deste bug está num método chamado “Synthetic Password Key”. Em suma, este método compara o código que introduziste como aquele que está guardado no sistema.

Ao que parece, este procedimento não está a ser concluído, retornando um valor nulo. É esse valor nulo que está a fazer com que o Android bloqueie.

Pelo que se sabe, este problema não está muito disperso no mercado, afetando um pequeno grupo de utilizadores. Mesmo assim, é importante alertar para o uso de vários métodos de desbloqueio do smartphone sempre que possível.

A Google já disse estar consciente do problema e já terá enviado o caso para o departamento competente. No entanto, uma solução ainda não foi enviada para o mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.