Atenção: Aplicação "Liga Portugal" Android pede permissões questionáveis!

Filipe Alves
1 comentário

A aplicação "Liga Portugal" é uma das mais usadas para a visualização de vídeos da de futebol da Liga portuguesa de Futebol. Contudo, há algumas permissões na App que a empresa que a fez ainda não esclareceu os utilizadores.

Quando instalas a aplicação da Liga Portugal no teu smartphone Android vais ver que existe duas permissões a dar. Uma delas ao teu "Telefone" e a outra ao teu "armazenamento".

Para que servem estas permissões da aplicação Liga Portugal

Liga Portugal App

Teoricamente, este tipo de permissões serve para que a aplicação consiga funcionar perfeitamente. Contudo, nesta particular aplicação, não existe motivo algum para nos obrigar a dar permissões ao "Telefone".

Este tipo de permissões dá à "Sportinveste Muyltimédia SA", empresa que criou a App, a todos aos números que telefonaste nos últimos tempos e por quanto tempo o fizeste.

O acesso ao armazenamento não é também válido. Isto porque a aplicação não te deixa fazer nenhum upload nem descarregar vídeos. Ou seja, este acesso ao armazenamento é também questionável.

Aplicação não funciona sem dares acesso às permissões

Mais impressionante que todas estas permissões, é que se não as deres não conseguirás utilizar a App. Se a instalares e desativares nas definições também não conseguirás abrir.

Permissões questionáveis só nos smartphones Android

Liga Portugal aplicação

Mas a situação não termina aqui. Isto porque a mesma aplicação no iPhone não te pede qualquer tipo de permissão a não ser a "atualização em 2º plano", o "acesso a dados móveis" e a "conexão com a Siri".

Continuamos à espera de um esclarecimento

A 4gnews já entrou em contacto com a "Sportinveste Muyltimédia SA" para um esclarecimento na situação, porém, até ao momento ainda nada nos foi respondido.

Na política de privacidade podemos ler "Os dados transmitidos à Sportinveste têm como finalidade a gestão de contactos com clientes e utilizadores da VSPORTS; atividades de promoção dos produtos e serviços (marketing direto); celebração de contratos relativos a bens ou serviços (venda ou prestação de serviços à distância), pela Sportinveste Multimédia ou por entidades por esta subcontratadas".

Ou seja, é possível que estejam a utilizar os nossos números de telefone e números a quem ligamos para criar uma base de dados. Só saberemos quando a empresa esclarecer a situação.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.