Home Android

Aptoide não será uma ‘Play Store’ enquanto disponibilizar aplicações pirata

Aptoide não será uma Play Store enquanto disponibilizar aplicações pirataAs ambições do Aptoide são grandes. Ser a futura Google Play Store não será fácil, porém, as aplicações pirata continuam a ser, na minha opinião, um grande entrave para o sucesso.

A empresa portuguesa ganhou há uns tempos no tribunal à Google. A empresa americana alegava que o Aptoide não “era uma aplicação confiável”. Ou seja, a aplicação de deteção de malware da empresa de Mountain View assinalava tal quando via que o Aptoide estava instalado no smartphone dos utilizadores.

Vê ainda: Cuidado! A burla que está acontecer com o ‘Airbnb’ e alugar uma casa

Assim sendo, será que a Google tinha razão? Será que o Aptoide é uma aplicação que se deve confiar. Pois bem, este problema pode ser visto dos dois lados. Do lado do Aptoide, a empresa confirma que a maior parte das Apps não tem malware. Em contrapartida, do lado da Google, o Aptoide disponibiliza na sua loja aplicações pirata de fácil e rápida instalação.

O Aptoide não pode ser uma “Play Store” e disponibilizar aplicações pirata

Não me entendam mal. Gosto da ideologia do Aptoide. O objetivo deles com o AppCoins (criptomoeda) passa por dar mais dinheiro ao desenvolvedor na sua criptomoeda.

Tenho também a minha costela portuguesa a falar mais alto. A empresa é uma das maiores de Portugal e dá trabalho a centenas de pessoas. Quero que esta empresa cresça. Quanto mais melhor. Porém, não considero que o trabalho que o Aptoide está a fazer não é justo.

A maior parte das Apps na Google Play Store são feitas por desenvolvedores pequenos ou por empresas que trabalharam meses em código para nos dar mais e melhor. Quando cobram por essas aplicações é porque (se calhar) deram um trabalho do diabo. Por isso é que não gosto da pirataria no geral. Principalmente quando a aplicação tem um preço acessível.

Exemplo do Apex Launcher Pro no Aptoide e na Google Play Store

Assim sendo, não me digam que pagar 4€ pelo Monument Valley não vale a pena. Ou pagar 4.19€ pelo Apex Launcher Pro é caro. As aplicações valem todos os cêntimos. E aquilo que vimos na aplicação portuguesa é a festa das aplicações pirata.

Isto é, instalar uma aplicação pirata é tão simples quanto na Google Play Store. Entrar, escrever o nome e instalar. É justo? De maneira alguma.

Ou seja, num espaço de minutos podes instalar dezenas de aplicações pirata sem nenhum entrave. A minha questão passa sempre pela justiça para com o desenvolvedor.

Contudo, tenho de frisar que não é propriamente o Aptoide que nos dá as aplicações pirata. Em síntese, qualquer pessoa pode ter uma loja de aplicações neste “hub” de Apps. O que muitos marotos fazem é o download da aplicação e upload da APK para a sua loja. A empresa portuguesa parece incapaz de deter as aplicações pirata.

Assim sendo, continuo com a minha filosofia. O Aptoide nunca será um verdadeiro substituto à Google Play Store enquanto disponibilizar aplicações pirata. Mas a questão mantêm-se. Até que ponto é que o Aptoide continuaria a crescer se cortasse todas estas aplicações?

Em suma, se podes pagar ao desenvolvedor pelo trabalho. Não penses duas vezes e compra a aplicação.

Editores 4gnews recomendam:

Google Chromecast ou Android Tv Box? Qual deves escolher?

CUIDADO: Elimina estas 22 Apps do teu smartphone

Huawei Mate 20 Pro fica ainda melhor com nova atualização

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.