Apple Watch Series 8 Pro pode ter um preço aproximado do iPhone 13 Pro

Mónica Marques
Comentar

Depois de sabermos que o novo iPhone 14 Pro Max poderá atingir um preço recorde, eis que novos rumores apontam para que a nova edição robusta do Apple Watch Series 8 siga o mesmo caminho.

De acordo com as informações divulgadas, o novo smartwatch robusto da Apple pode chegar com um preço aproximado do iPhone 13 Pro, ou seja, vai ser caro!

Nova edição robusta do Apple Watch Series 8 pode ter um preço a começar nos 900 dólares

Apple Watch Series 7
A nova geração do Apple Watch vai contar com uma nova variante robusta mais direcionada para o desporto Crédito@Apple

Já sabemos que a Apple vai aumentar em cerca de 100 dólares, o preço de cada nova versão do iPhone 14. Também sabemos que, devido a essa estratégia, o iPhone 14 Pro Max pode atingir um preço recorde de 1.699 dólares, ou seja, aproximadamente 1.630 euros.

Mas agora o jornalista Mark Gurman está a avançar que o Apple Watch Series 8 também poderá ter preços elevados. O conhecido jornalista adiantou que a nova edição robusta do smartwatch da Apple pode chegar com um preço a começar nos 900 ou 999 dólares – qualquer coisa entre os 885 e 980 euros.

Junte-se o facto de na Europa os preços serem sempre mais inflacionados e temos um custo para o Watch Series Pro ou Extreme Sports (não se sabe ainda qual será a designação comercial da edição mais robusta) próximo do que é praticado para o iPhone 13 Pro que, em Portugal, tem um preço a começar nos 1.179 euros.

Na prática, se o custo em dólares do novo smartwatch Apple se situar perto do valor 1.000 dólares, na Europa com certeza que irá ser superior a 1.000 euros.

A confirmar-se a informação, a edição robusta do Apple Watch não estará ao alcance de todas as carteiras, mas como habitualmente, a marca irá destacar todos os argumentos que justificam o custo elevado do modelo.

Especificações esperadas no Apple Watch Pro ou Extreme Sports

Mas de que forma a Apple pode justificar este custo? Bem, de acordo com os rumores divulgados até ao momento, a nova edição robusta do smartwatch devera apresentar uma área de ecrã 7% maior do que a da atual geração.

Esta foi também uma informação avançada por Mark Gurman que acrescentou ainda que este ecrã maior terá uma resolução de 502x410 pixéis.

Por outro lado, o conhecido jornalista já afirmou que a nova edição vai contar igualmente com uma bateria maior que vai fornecer autonomia para sessões de treino mais longas. Faz sentido que assim seja, até porque esta edição do smartwatch estará mais direcionada para a prática de desporto.

Mas será que estes são argumentos suficientes para conquistar os utilizadores e levá-los a pagar um preço mais elevado por este modelo? O futuro o dirá, mas tendo em conta o historial da Apple e o seu sucesso no mercado, talvez estejamos perante outro campeão de vendas.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.