Apple sem cabo Lightning? Não é bem isso que a União Europeia quer

Bruno Coelho
Comentar

Esta semana saíram várias notícias de que a União Europeia pretende forçar a Apple a abandonar o cabo com entrada Lightning num futuro próximo. No entanto, não é bem isso que a entidade pretende.

A regulação foca-se nos wall chargers (carregadores de parede ou adaptadores de corrente). Segundo nota o The Verge, o que a União Europeia pretende é que nos carregadores de parede se implemente apenas uma norma.

Tendo em conta que no transformador dos iPhone 11 a Apple já oferece USB-C ou USB, este não é um problema que se coloque para a empresa da maçã. Esta é uma vontade que a União Europeia já tem desde 2009, e que agora pode querer regular.

iPhone 11
Carregador do iPhone 11 Pro Max tem cabo Lightning para USB-C (entrada do adaptador de corrente)

Segundo o vice-presidente da Comissão Europeia, Maroš Šefčovič, quando esta questão arrancou em 2009, era quase 30 os métodos de carregamento usados dos carregadores de parede. Hoje serão apenas três.

Para esclarecimento, por muito que os utilizadores queiram ver o USB-C a chegar aos iPhones, não é isso que a Comissão Europeia quer regular. Tendo em conta que esta já oferece entrada USB-C para o transformador, provavelmente é uma das fabricantes que já cumpre este ideia.

USB-C para USB-C ainda só está presente nos iPad Pro ou MacBook

A Apple já tem cabos USB-C para USB-C no seu iPad Pro ou nos seus MacBook. Isto pode vir a acontecer nos iPhones no futuro, mas não será necessariamente por regulação da União Europeia.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.