Apple prepara várias mudanças nos seus iPhone já a partir de 2020

Carlos Oliveira
Comentar

Os analistas da JP Morgan deram a conhecer, numa nota aos investidores, as suas previsões para o futuro dos iPhone. De acordo com as suas crenças, teremos mais um iPhone 12 em 2020 e duas apresentações em 2021.

O ano que se avizinha poderá ser "o aquecimento" para o futuro da Apple no mercado mobile. Um futuro que poderá incluir duas gamas de iPhone, lançadas em alturas distintas do ano.

iPhone 12
Conceito do iPhone 12. Créditos: PhoneArena

2020 trará dois iPhone 12 e dois iPhone 12 Pro

Segundo o que acreditam os analistas da JP Morgan, no próximo ano veremos quatro iPhone serem revelados em setembro, todos com 5G. A grande novidade será a introdução de um iPhone 12 com um ecrã OLED de 5.4 polegadas e com duas câmaras na traseira.

O alvo da Apple com este iPhone 12 de 5.4 polegadas poderá ser os amantes dos modelos SE ou os que ainda possuem um iPhone 8 ou inferior. Além deste, poderá existir um iPhone 12 Max, com um ecrã de 6.1 polegadas, o direto sucessor do iPhone 11.

Para os que quiserem o que de melhor a Apple possui, continuarão a existir os iPhone 12 Pro e 12 Pro Max. Estes manterão as dimensões dos modelos lançados este ano, porém, com um novo ecrã OLED de margens menores e uma notch.

Já na sua traseira, passarão a existir quatro lentes fotográficas. Mantendo as lentes grande angular e de zoom, a norte-americana irá adicionar uma lente 3D.

Em 2021, a Apple fará dois eventos de apresentação para novos iPhone´s

Os quatro modelos que poderemos ver já em 2020 serão a desculpa perfeita para a Apple atacar o mercado em momentos diferentes do ano seguinte. A ideia será suavizar as cadeias de produção e fazer frente às concorrentes que lançam vários smartphones ao longo do ano.

Assim sendo, os sucessores do iPhone 12 seriam desvendados na primeira metade do ano. Já os modelos Pro seriam apresentados na segunda metade de 2021.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.