Apple pode mudar a forma como te diriges à Siri

Bruno Coelho
Comentar

Quem tem um produto Apple e já usou a sua assistente virtual Siri, sabe certamente como se dirigir a esta, com o comando “Hey Siri”. Mas, e se este comando fosse facilitado pela Apple?

Comando "Hey Siri" pode mudar para apenas "Siri"

Segundo Mark Gurman, da Bloomberg, a Apple está a ponderar trocar o comando “Hey Siri” pelo mais simples “Siri”. O que significa que apenas terias de dizer o nome da assistente para a ativar.

apple siri

De acordo com a mesma fonte, a Apple estará a trabalhar nesta alteração que pode ser lançada ainda em 2023 ou apenas no ano seguinte. Até porque é uma alteração que carece de bastante trabalho por parte da Apple.

São inúmeras as línguas e pronúncias a usar a assistente virtual de Cupertino, a que o novo comando teria de se adaptar. A concretizar-se, esta abandonaria a abordagem da Google, com o “Hey Google”, e ficaria semelhante à da Amazon com o comando “Alexa”.

Obviamente esta mudança levanta bastantes questões junto dos utilizadores. Se “Hey Siri” já se ativa com falsos positivos, usar apenas duas sílabas com “Siri”, pode tornar os falsos positivos ainda mais proeminentes.

E embora a “Alexa” (da Amazon) ou a “Cortana” (da Microsoft), não necessitem de um “Hey”, estas continuam a ser comandados com três sílabas. Como o atual “Hey Siri” ou do “Hey Google”.

Caso esta mudança se concretize, a Apple passaria assim a ter a única assistente virtual com um comando de duas sílabas. Coloca-se também a questão, no caso da mudança, se o comando “Hey Siri” vai continuar disponível. Algo para descobrirmos no futuro.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt