Apple tem um valor de mercado de mercado que supera a Google, Amazon e Meta todas juntas

Mónica Marques
Comentar

Google, Amazon e Meta são as rivais norte-americanas da Apple e todas juntas não superam o valor de mercado da Apple.

Ainda que tenha registado uma ligeira queda nos seus resultados financeiros, a empresa de Tim Cook tem um valor de mercado extraordinário e difícil de igualar e bater.

Apple continua a crescer, mesmo com queda nos resultados financeiros

Apple iPhone 14
Os resultados finaceiros revelados pela Apple a semana passada não incluíam o total de vendas do iPhone 14 Crédito@Apple

A economia global está em declínio e praticamente todas as empresas de tecnologia, de grande ou pequena dimensão, estão a refletir essa realidade nos seus resultados financeiros. A título de exemplo, a Meta – que inclui o Facebook, Instagram e WhatsApp – teve uma perda de 90 mil milhões de dólares (cerca de 90,35 mil milhões de euros) só nos resultados financeiros de 2022.

Na semana passada, a Apple divulgou os seus resultados referentes ao terceiro trimestre do ano e os dados refletem igualmente uma descida provocada pelo declínio da economia global. No entanto, rapidamente os analistas de mercado esclareceram que estes resultados não integram a maior parte das vendas globais do iPhone 14.

Passados alguns dias, outros dados divulgados pelo Business Insider revelaram que a Apple registou um aumento de 6% após a divulgação deste relatório financeiro. Contas feitas tem um valor total de mercado igual ao da Google, Amazon e Meta todas juntas.

Em números, a Apple tem um valor de 2.307 biliões de dólares. A Alphabet (Google) vale 1.120 biliões de dólares enquanto a Amazon tem um valor de 940 mil milhões de dólares. Por último, a Meta está com um valor de mercado de 240 mil milhões de dólares.

Com a ajuda de uma calculadora, é possível perceber que a soma do valor de mercado das três grandes tecnológicas norte-americanas, não consegue superar o valor de mercado da Apple.

Ainda que tenha registado uma queda nos seus resultados financeiros, a empresa de Tim Cook não parece estar a sofrer a mesma pressão que as rivais sofrem, além de que o lançamento estratégico dos seus produtos parece estar a beneficiar os resultados financeiros da empresa.

O que está a contribuir para o sucesso financeiro da Apple

Todos sabemos que o iPhone é um campeão de vendas a nível global e que o novo iPhone 14 Pro Max está a registar bastante sucesso entre os utilizadores, apesar de ser o modelo mais caro (e também mais avançado) da série.

Mas a Apple tem outras fontes de receita, nomeadamente a sua linha de computadores. Mais uma vez, as principais rivais de Cupertino, neste segmento de mercado, registaram uma queda nas vendas, à exceção da empresa da maçã.

Por outro lado, os serviços da Apple representam agora também uma fatia significativa dos seus lucros. Novos dados revelados indicam que a Apple conta com 900 milhões de assinaturas dos seus serviços, sendo que entre julho e setembro deste ano conseguiu angariar mais 84 milhões de assinaturas para o seu ecossistema.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. Email:monicamarques@4gnews.pt