Apple vai ter de pagar 31 milhões de dólares à Qualcomm

António Guimarães

Um processo entre a fabricante de processadores Qualcomm e a famosa Apple teve um desfecho infeliz para a última. Parece que a empresa de Cupertino tem um valor avultado a pagar.

Esta situação surgiu na sequência da suposta violação de 3 patentes da Qualcomm, por parte da Apple. O processo teve início em 2017 e finalmente houve uma decisão do juíz.

qualcomm

As 3 patentes em questão estão todas relacionadas com o produto principal da Apple, o iPhone. Supostamente são tecnologias que a empresa de Cupertino utiliza sem autorização da Qualcomm.

Qualcomm está lançada em processar a empresa da maçã

As tecnologias em questão são as seguintes:

  • Tecnologia que permite a um smartphone ligar-se rapidamente à internet assim que ligado
  • Tecnologia relacionada com processamento de gráficos e os seus efeitos na autonomia
  • Tecnologia que transfere tráfego entre o processador e o modem, permitindo transferências mais rápidas

De acordo com o júri, a Apple utilizou estas 3 patentes sem pedir expressa permissão à Qualcomm. A empresa de Cupertino bem tentou argumentar com uma alegação no mínimo, desesperada.

A Apple afirmou que a primeira tecnologia da lista foi desenvolvida juntamente com um dos seus empregados. Portanto isso faria com que a empresa da maçã fosse parcialmente dona da patente.

apple logo hq

O juíz não concordou e deu razão à Qualcomm, após análise do caso, resultando numa solicitação de pagamento de 31 milhões de dólares. Para uma empresa avaliada em 1 trilião de dólares, são meros "troccos."

Seja com for, isto certamente dará pedalada à Qualcomm para prosseguir com outros processos. Um deles deverá ser resolvido no mês que vem, na Califórnia.

Este processo consiste nas alegações por parte da Qualcomm onde a Apple não está a pagar os devidos valores em receitas de patentes. Por outro lado a Apple argumenta que a fabricante de processadores pede valores a mais.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.