Apple: modem 5G made by Cupertino não chega antes de 2025 e do iPhone 17

Mónica Marques
Comentar

Há muito tempo que a Apple quer controlo total sobre a produção do iPhone, mas a Qualcomm tem conseguido evitar a concretização desse plano.

Os modems 5G com a chancela Apple não têm chegada prevista antes de 2025 e podem só ser apresentados com o iPhone 17.

Apple já gastou milhares de milhões de dólares na compra do departamento de modems da Intel

Apple iPhone 14
O iPhone 14 está equipado com o modem Snapdragon X65 5G da Qualcomm Crédito@Apple

A história entre a Apple e a Qualcomm é antiga e já passou por alguns arrufos. A razão das “zangas” entre as duas empresas relacionam-se com a vontade da Apple em controlar a produção do iPhone e respetivos componentes.

Como é óbvio, a Qualcomm faz tudo ao seu alcance para evitar esse controlo total, visto que iria perder um cliente crucial e uma fatia gigante de receita. Na prática, em causa estão as patentes que a Qualcomm detém e que impedem a Apple de produzir os seus próprios modems 5G para o seu smartphone de topo.

E os arrufos atingiram tal nível que ambas as empresas já se defrontaram em tribunal, com a Apple a perder terreno para a Qualcomm. Na altura, a solução passou pela assinatura de um contrato de seis anos, com mais dois de opção, em que a empresa de Cupertino se comprometia a usar os modems Qualcomm.

Mas a Apple não desiste e poucos meses depois de ter assinado este contrato, surge a notícia inesperada de que Cupertino tinha gastado cerca de 1 milhar de milhão de dólares na aquisição do departamento de modems da Intel. Pelos vistos, este será um investimento para o futuro.

Modem 5G Apple só com o iPhone 17 e numa perspetiva otimista

Na realidade, a Apple estava confiante de que 80% das unidades do seu iPhone 15 iam já contar com um modem 5G seu proprietário, ficando a Qualcomm responsável pelos restantes 20%.

Mas tal não vai acontecer. De acordo com Jeff Pu, analista da Haitong International Securities, no próximo ano, a Apple vai integra no iPhone 15 o modem Snapdragon X75 5G da Qualcomm que ainda nem foi anunciado.

Espera-se que este modem forneça velocidades de download de até 10 Gbps, sendo que vai chegar com melhorias na parte IA para otimizar a cobertura e a receção de sinais recebidos, reduzir a latência e ainda ser cerca de 60% mais eficiente, a nível energético.

E quando é que por fim a Apple poderá usar um modem seu? Segundo o mesmo analista, nunca antes de 2025. Numa perspetiva otimista, um modem 5G com chancela Apple apenas será integrado no iPhone 17. Aliás, outros analistas são até de opinião que será depois de 2025 e do iPhone 17.

Claro que todos nos interrogamos qual será a razão da Apple para insistir neste ponto e estar a passar por todo este rebuliço. É simples, além de ficar com o controlo sob a produção do seu iPhone, deixa também de estar à mercê da Qualcomm quanto à disponibilidade e preço dos modems.

Tendo em conta que a Qualcomm é um fornecedor crucial da maior parte das marcas de smartphones, a independência da Apple poderia significar uma poupança significativa nas suas despesas.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. Email:monicamarques@4gnews.pt