Apple MacBook Pro: temos más notícias para quem aguarda novos modelos

Carlos Oliveira
Comentar

A atualização da linha MacBook Pro com processadores Apple Silicon de nova geração é um dos maiores desejos dos fãs da empresa americana. Esperava-se que essa atualização chegasse na primavera, porém, isso poderão não se concretizar.

Quem o diz é a publicação Digitimes com o seu mais recente relatório alusivo a estes produtos. Citando fontes próximas da cadeia de fornecimento da Apple, os novos MacBook Pro terão sido novamente adiados.

Novos MacBook Pro sofrem um novo adiamento

Esta não é a primeira vez que ouvimos falar que os próximos MacBook Pro de 14" e 16" viram o seu lançamento adiado. Infelizmente, essa tese surge novamente, aumentando a ansiedade daqueles que aguardam pelo lançamento dos novos modelos com M2 Pro e M2 Max.

Apple MacBook Pro

O novo relatório agora partilhado não avança com um novo calendário para a apresentação destes modelos. Limita-se a dar a infeliz notícia de que os novos portáteis da Apple foram novamente adiados.

Face à apresentação do novo processador M2 em junho passado, esperava-se que os novos MacBook Pro com variações deste componente pudessem chegar no outono. Afinal, foi nessa ocasião que se marcou um ano desde o lançamento da geração anterior.

Como esse calendário não se confirmou, as mais variadas fontes ligadas ao ramo apontaram para a primavera de 2023 como altura ideal para a apresentação destes produtos. Seriam, desse modo, as estrelas do tradicional evento de março da Apple.

Este novo adiamento empurra a apresentação destes produtos para ainda mais tarde. Uma revelação em junho, por ocasião da WWDC, poderá estar em cima da mesa, mesmo que esse evento não seja palco tradicional para a apresentação de novo hardware.

Vendas dos Mac deverão cair bastante no início de 2023

O mesmo relatório da Digitimes olha ainda para as vendas dos computadores da Apple. E as suas recentes previsões não são nada animadores para a tecnológica sediada em Cupertino.

Para o primeiro trimestre de 2023, esta fonte prevê uma queda entre 40% a 50% no número de envios de produtos Mac. Valores que se comparam com o último trimestre de 2022.

Uma queda logo após a época festiva é habitual para a Apple, mas esses valores negativos costumam rondar os 10% a 20%. Quedas que podem chegar aos 50% são previsões francamente negativas e que deverão fazer soar alarmes no seio da Apple.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.