Apple continua a liderar confortavelmente o mercado dos wearables

Carlos Oliveira

De acordo com os últimos dados da IDC, a Apple vendeu 16.2 milhões de dispositivos wearables apenas no último trimestre de 2018. Um desempenho que, uma vez mais, lhe permite segurar confortavelmente a liderança deste nicho de mercado.

Por conseguinte, a empresa de Cupertino foi capaz de representar 27.4% de todo o mercado wearable do último trimestre de 2018. Um valor que, ainda assim, se traduz numa ligeira quebra face ao mesmo período de 2017.

Apple wearables

Estes números têm em conta a venda não só do seu Apple Watch como ainda dos seus AirPods e headphones Beats. Ademais, estes dois últimos tipos de gadgets foram capazes de vender, em conjunto, cerca de 4.8 milhões de exemplares.

Apple domina o mercado de wearables com a Xiaomi bem perto

Olhando, em seguida, para o desempenho da empresa ao longo do ano, vemos uma quota de mercado de 26.8%. Para tal contribuiu a venda de 46.2 milhões de gadgets, o que representa um crescimento de 39.5% face ao período homólogo de 2017.

Em segundo lugar da tabela da IDC temos, sem grande surpresa, a Xiaomi. A tecnológica chinesa foi capaz de vender 7.5 milhões de dispositivos entre outubro e dezembro de 2018. Por outro lado, o seu desempenho anual traduz-se numa quota de mercado de 13.3%, graças à venda de 23.3 milhões de unidades.

Aqui certamente as Mi Band terão sido o principal impulsionador das suas vendas. A incrível relação qualidade / preço que estas oferecem fazem delas uns dos mais populares produtos em todo o mundo.

Fazendo agora uma reflexão global, os dados da IDC mostram-nos que os dispositivos in-ear (earphones e headphones) conseguiram vender mais do que os smartwatches e smartbands. Com efeito, estes registaram um crescimento de 66.4%, face ao crescimento de 55.2% dos últimos.

Assim sendo, no último trimestre de 2018 venderam-se um total de 59.3 milhões de wearables em todo o mundo. Uma cifra que representa um crescimento de 31.4% face aos mesmos meses de 2017.

Por fim, ao longo de todo o ano que terminou à dois meses venderam-se 172.2 milhões de dispositivos, representando um crescimento de 27.5% face a 2017. Pode assim concluir-se que o mercado dos wearables continua com um crescimento bastante saudável.

Editores 4gnews recomendam:

iPhone XI será totalmente funcional mesmo quando submergido

Corning está a desenvolver vidro Gorilla Glass verdadeiramente dobrável

Xiaomi Mi 9 ganha o primeiro lugar na tabela do AnTuTu Benchmark

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.