Apple lança programa para utilizadores repararem o próprio iPhone

Bruno Coelho
Comentar

Em novembro do ano passado, a Apple fez um anúncio que deixou muita gente surpreendida. A fabricante americana anunciou o programa Self Service Repair, que basicamente permitiria aos utilizadores repararem os seus próprios produtos Apple.

Passaram cerca de seis meses, e a Apple anunciou esta quarta-feira que o serviço já está disponível. Este já está ativo nos Estados Unidos e vai estender-se para outros países, a começar na Europa, mais para o final de 2022.

Este programa faz com que os utilizadores tenham acesso a manuais de reparação, ferramentas e peças genuínas da Apple que podem ser adquiridas através da loja Self Service Repair já disponível online.

apple

Esta nova loja online conta com mais de 200 peças individuais e ferramentas, que permitem aos consumidores reparar alguns dos seus equipamentos. No entanto, para já, é um processo apenas disponível para o iPhone.

iPhone 12, iPhone 13 e iPhone SE 2022 são os primeiros elegíveis para o programa

Segundo o que se pode ler no comunicado, poderás encontrar peças de ecrã, bateria ou câmaras para reparar os iPhone 12, iPhone 13 ou iPhone SE de 3ª geração. Ainda este ano, o programa vai incluir manuais, peças e ferramentas para realizar reparações em computadores Mac com Apple silicon.

Explica a empresa que estas peças são as mesmas, e vendidas ao mesmo preço, que estão disponíveis na rede Apple de reparadores autorizados. Para certas reparações, os consumidores receberão um crédito se devolverem a peça trocada para reciclagem.

A Apple vai oferecer kits de aluguer de ferramentas por 49 dólares, para que os clientes que não desejam comprar ferramentas para uma única reparação ainda tenham acesso a essas ferramentas profissionais de reparação. Os kits de aluguer de uma semana serão enviados aos clientes gratuitamente.

Será interessante ver todo este processo em ação, e ver os preços que serão praticados em Portugal quando o serviço cá chegar. Algo que, a confirmar-se, será antes do final do ano.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.