Apple iPhone 14 Pro supera até as melhores expectativas da própria Apple

Rui Bacelar
Comentar

O mais caro custa desde 1499 € e pode chegar aos 2 149 € na configuração de topo (1 TB). Porém, o preço não tem assustado os consumidores que aderem em massa aos modelos Apple iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max. Com efeito, fazem-no com tal vigor que a própria gigante de Cupertino foi obrigada a ajustar a sua logística para dar resposta a tamanha procura.

Apresentados a 7 de setembro pela empresa de Tim Cook, os novos iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max são os mais avançados smartphones iOS no mercado.

Ainda que os mais acessíveis sejam os iPhone 14, com o iPhone 14 Plus a chegar posteriormente ao mercado, a preferência dos consumidores está perfeitamente definida.

Adesão em massa aos modelos mais caros surpreende até a Apple

Apple iPhone 14 Pro

Temo atualmente disponíveis três dos quatro modelos anunciados, com as principais novidades face à geração iPhone 13 a concentrarem-se nos modelos Pro.

Seja o seu novo processador A16, as câmaras renovadas com sensor principal de 48 MP, e claro, a nova Ilha Dinâmica que torna o notch num atributo altamente desejável.

Segundo os primeiros relatórios de vendas, a procura pelo iPhone 14 Pro supera a procura registada em 2021 pela gama de smartphones iPhone 13 Pro.

Ademais, também o novo modelo Apple Watch Ultra estará a vender "como pãezinhos quentes", segundo os mesmos indicadores, tendo já superado as gerações prévias dos relógios da maçã.

Apple Watch Ultra junta-se ao frenesim pelos novos iPhone 14 Pro

Apple iPhone 14 Pro

As métricas foram agora avançadas pela JP Morgan, dando conta dos índices de procura registada junto dos produtos da tecnológica de Cupertino.

Em simultâneo, esta mesma fonte aponta que muitos consumidores devem receber o seu novo produto no decurso das próximas semanas, uma vez que a empresa luta para dar resposta a tamanha procura.

Em várias regiões, o tempo de envio dos produtos de nova geração está nos 35 dias. Face a tal factualidade, a Apple terá sido forçada a reajustar vários pontos da sua cadeia de logística e distribuição para tentar amenizar este atraso nas entregas.

Por exemplo, nos Estados Unidos da América o tempo médio de entrega está nos 4 dias para o iPhone 14, o modelo base. Porém, em determinadas regiões o iPhone 14 Pro Max demora entre 35 dias até 42 dias a chegar à casa dos consumidores.

Ming-Chi Kuo refere a "ginástica" da Apple para entregar os iPhone 14 Pro

(1/5)Due to strong demand for the iPhone 14 Pro models, my latest survey indicates that Apple has asked Hon Hai to switch the production lines of the iPhone 14 to the iPhone 14 Pro models, which will help improve Apple's product mix/iPhone ASP in 4Q22.

— 郭明錤 (Ming-Chi Kuo) (@mingchikuo) 19 de setembro de 2022

Segundo o analista de mercado Ming-Chi Kuo "devido à forte procura pelos modelos iPhone 14 Pro, a minha pesquisa recente dá conta do pedido da Apple à linha de produção em Hon Hai para se focar nos modelos iPhone 14 Pro em detrimento dos iPhone 14."

Em síntese, a tecnológica de Cupertino está a alocar mais recursos para agilizar a produção dos modelos mais onerosos do seu novo smartphone com vista a dar resposta à procura.

Assim, para a empresa de Tim Cook estes são ótimos indicadores, mostrando a confiança dos consumidores e procura pelos modelos que efetivamente trazem mais novidades.

(3/5)I expect that most of the suppliers should also receive order increase requests for iPhone 14 Pro models from Apple in the next few weeks.

— 郭明錤 (Ming-Chi Kuo) (@mingchikuo) 19 de setembro de 2022

Por fim, Kuo acredita que mais fornecedores de componentes devem receber pedidos similares no decurso das próximas semanas à medida que a tecnológica define as novas metas de produção.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com