Apple já desmentiu relatos de redução na qualidade do Face ID no iPhone X

Carlos Oliveira
Apple iPhone X Face ID
Face ID no novo iPhone X da Apple

Um dos equipamentos mais esperados para o final deste ano é, sem sombra de dúvidas, o novo Apple iPhone X. Este é um smartphone com uma qualidade acima de qualquer um dos seus antecessores, não só em termos de design, mas também no que respeita às suas funcionalidades como, por exemplo, o Face ID.

Vê ainda: Motorola acaba de apresentar o novo Motorola Moto Z 2018 edição Kingsman

Esta tecnologia de reconhecimento facial introduzida pela Apple quer mudar por completo a nossa visão acerca da mesma. Abordagens semelhantes presentes em concorrentes Android têm relevado uma falta de segurança assustadora, fazendo com que muitos ainda olhem de lado para o reconhecimento facial.

Porém, aquando da apresentação do iPhone X, a Apple afirmou que o seu Face ID teria uma taxa de precisão de um para um milhão. Importa referir, sobretudo para efeitos de comparação, que a taxa de precisão do Touch ID era de um para 50 mil.

Apple iPhone X

Pois bem, relatos que surgiram ao final da tarde de hoje avançavam que a Apple estaria a sacrificar a qualidade deste sensor afim de conseguir produzir mais unidades do seu iPhone X. Não tardou até que a Apple viesse publicamente desmentir a veracidade destes relatos.

Em declarações ao The Verge, a empresa liderada por Tim Cook afirmou que as informações divulgadas pelo site Bloomberg não tinham qualquer fundamento. Nessas mesmas declarações, a Apple volta a frisar a taxa de precisão de um para um milhão do seu Face ID.

Qualquer diminuição na qualidade do Face ID do novo Apple iPhone X é completamente falsa

"As afirmações da Bloomberg de que a Apple reduziu a precisão do Face ID é completamente falsa e esperamos que o Face ID seja o novo padrão para a autenticação facial."

Relembro que este novo tipo de autenticação facial tem sido o principal causador da limitação da produção do novo iPhone X. Segundo os últimos relatos conhecidos, apenas 2 a 3 milhões de unidades do iPhone X deverão estar disponíveis para o lançamento do equipamento no mercado.

Pois bem, parece que, afinal, a produção do novo iPhone X continuará a seguir os mesmos parâmetros que até aqui vinham a ser seguidos. Quer isto dizer que este novo smartphone deverá ser mesmo difícil de comprar, pelo menos nos seus primeiros meses de venda.

Outros assuntos relevantes:

BLU apresenta o novo BLU VIVO 8L com uma câmara frontal de 20MP

Nokia 3, Nokia 5, Nokia 6 e Nokia 7 vão testar em breve o Android Oreo

Cortana: Microsoft tem trabalhado para concorrer com a Amazon e Google

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.