Apple Card: utilizadores do cartão de crédito já acumularam 786 milhões de dólares em dívidas

António Guimarães
Comentar

O cartão de crédito da Apple lançado nos Estados Unidos parece estar a fazer sucesso. De acordo com a Bloomberg, utilizadores já fizeram compras a crédito no valor de 786 milhões de dólares (702 255 944,40€) utilizando o cartão da empresa de Cupertino, lançado em agosto de 2019.

A principal financiadora do Apple Card, Goldman Sachs, extendeu a linha de crédito do Apple Card até 10 mil milhões de dólares (coletivamente para todos os utilizadores). Já as receitas geradas pelo Apple Card circulam valores também semelhantes, significando que o cartão de crédito é um negócio bastante rentável.

Vantagens do Apple Card

Para um cliente Apple Card, a utilização do cartão de crédito traz vários benefícios. Através da app do cartão, é possível gerir as compras e movimentos, além dos mesmos estarem associados a localizações geográficas. Todos os movimentos estão classificados em categorias diferentes para fácil identificação.

Adicionalmente, qualquer utilizador que compre um iPhone com o Apple Card não terá juros associados à sua compra, até um máximo de 24 meses. Posteriormente temos as parcerias com outras empresas: Uber, Uber Eats, T-Mobile e alguns retalhistas oferecem 3% de cashback nas suas compras (além da própria Apple). Contudo, compras feitas nas restantes empresas fora do círculo de parcerias oferecem 1% de cashback em compras.

A aposta da Apple em serviços está a dar frutos

Com receitas entre os 10 e 12 mil milhões de dólares, o Apple Card está a provar ser uma "galinha de ovos de ouro" para a Apple. A empresa alterou a sua estratégia para 2019 após testemunhar decréscimos nas vendas de iPhones, a sua fonte principal de receitas.

Assim sendo, o Apple Card é um dos serviços que a empresa criou para colmatar a situação. Além disso, temos o Apple TV+, o Apple News e o Apple Arcade, que ainda se está para saber o seu possível sucesso.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.