Anker Soundcore Life P3: novos rivais dos AirPods Pro têm arma secreta

Bruno Coelho
Comentar

A Anker é uma das fabricantes chinesas mais conhecidas no que diz respeito a áudio. E esta semana apresentou os novos Soundcore Life P3. Tratam-se de uns auriculares Bluetooth com cancelamento de ruído, prontos para combater produtos como os AirPods Pro. A grande arma secreta para o fazerem é o seu preço.

Anker Soundcore Life P3 têm cancelamento de ruído ativo por menos de 100 €

Estes foram lançados no Reino Unido com um preço recomendado de 79,99 libras, que equivale a 93,19 euros. Não são o produto mais barato do seu segmento, mas certamente dos mais baratos a oferecer uma característica premium como é o cancelamento de ruído ativo.

anker

Chegam equipados com seis microfones, e com modos dedicados para cancelar o ruído em transportes, no interior ou no exterior. Graças ao modo de transparência, também podes facilmente ouvir o que te rodeia se assim desejares.

Com o modo “Find Your Earbuds”, perdê-los por perto não é uma opção. Ao ativares a funcionalidade, estes produzirão um ruído que fará com que os possas encontrar mais facilmente.

anker

É bom referir os seus drivers de 11 mm, e uma bateria de grande qualidade que promete sete horas de reprodução com o cancelamento de ruído ativo. Com o estojo de carregamento, prometem 30 horas de reprodução. É bom referir que além de carregarem via USB-C, a caixa também dispõe de suporte para carregamento sem fios.

Os auriculares contam ainda com certificação IPX5, indicando que possam sobreviver a uma chuva mais modesta e suor. São compatíveis com a assistente virtual Siri, e no futuro deverão receber compatibilidade com as concorrentes.

Estes Soundcore Life P3 são lançados em preto, branco, laranja, azul céu e azul escuro. Já se encontram disponíveis no site oficial para pré-compra, devendo em julho estar disponíveis para compra por toda a Europa.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.