Android. Kernel do Xiaomi Mi A1 é finalmente divulgado pela Xiaomi

Rui Bacelar
Huawei Xiaomi Mi A1 Android Oreo 8.0 Android One
A atualização para o Oreo está longe de ser pacífica.

Cerca de quatro meses após o seu lançamento, o Xiaomi Mi A1 da fabricante chinesa que utiliza a plataforma Android One (agora na versão Android Oreo), vê agora o seu código Kernel a ser publicado. Apazigua-se assim a GPLv2 que impõe a obrigação de divulgação do referido código para todo e qualquer smartphone.

A publicação deste código demorou mas...(há sempre um mas), o código publicado refere-se à versão Android Nougat e como bem sabemos, o dispositivo já está na versão Android Oreo 8.0.

Vê ainda: 16 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

A obrigação de disponibilização das fontes do Kernel é imposta pela GPLv2. De uma forma sucinta, esta obriga as fabricantes Android a divulgar o código Kernel dos seus dispositivos de uma forma tempestiva (a tempo e horas). Bom, no caso da Xiaomi demorou quase meio ano para que o Kernel do Xiaomi Mi A1 fosse divulgado.

Note-se que este mesmo código Kernel é a fundação sobre a qual se constroem novas "ROM's" para dispositivos móveis. Por isso mesmo, não estranhamos quando o famoso programador da comunidade XDA, franciscofranco, exigiu este mesmo código através do seu Twitter. Entretanto também a publicação Ars Technica deu voz a esta demanda. O mesmo sucedeu com a Android Police.

Kernel do Xiaomi Mi A1 referente ao Android Nougat

Para além de serem obrigadas a tal, é mediante este código Kernel que os desenvolvedores podem "dar asas à criatividade". No caso do Xiaomi Mi A1, mesmo que quisessem criar novas ROM's ou praticamente qualquer tipo de tweak (afinação) ou mod (modificação), os programadores estavam praticamente de mãos atadas. Enfrentariam sempre problemas de compatibilidade.

O que motivou a publicação do código no início desta semana não é conhecido. Certo é que finalmente o código Kernel deste Xiaomi Mi A1 é público. De acordo com as declarações de Jai Mani, chefe de produto na Xiaomi, a marca planeia disponibilizar este código no máximo após 3 meses desde o seu lançamento. Resta saber porque é que a Google também não teve uma palavra a dizer, uma vez que é ela quem fornece o software, inalterado pela fabricante.

Ora, agora temos acesso ao código Kernel do Xiaomi Mi A1, baseado no Android Nougat. Infelizmente, ou compreensivelmente, a atenção dos programadores está já colocada no Android Oreo. Desta forma, duvido que exista um grande esforço por parte destes em olhar para traz, para um dispositivo que se fez e os fez esperar.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi entrará de forma oficial em novo país da Europa

Criptomoedas: Quem são os utilizadores em Portugal? (Questionário)

Android One da Google é alma do novo smartphone Sharp S3

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).