Pesquisa Google Imagens streaming de jogos serviço Google Pixel Hardware Android
Mas afinal o que é o Android Go, da Google?Vem daí, dizemos-te tudo o que precisas de saber! ©Dudley Carr, Flickr

Android One da Google, um termo que tem sido utilizado de forma casual como se de um banal sapato utilitário se tratasse. Mas afinal, o que é este Android da Google. E porque é que falamos cada vez mais dele em dispositivos Nokia e Xiaomi? Será uma versão do sistema para smartphones baratos ou fracos? Já foi isso é verdade mas agora é muito mais. Vem daí, contamos-te tudo o que precisas de saber!

Esta iniciativa da Google nasceria em 2014. Todavia, desde então objectivo último deste “One” já mudou radicalmente, aliás, por momentos chegou-se a temer que tivesse findado. Quase, mas não. Em vez disso mudou de propósito, mudou também de estratégia e é agora um dos trunfos da Nokia e mesmo da Xiaomi. Com efeito, isto mostra-nos que atualmente esta plataforma da Google é bastante desejada e cobiçada por diferentes construtoras.

Vê ainda: Aplicação que espia o teu WhatsApp foi retirada da Play Store

Apesar de todas as mudanças o Android One continua a ser um vetor de distribuição de uma experiência de utilização simples. Uma experiência limpa. Uma experiência sempre fluída. Alias, arrisco dizer que esta iniciativa visa ser o primeiro ponto de contacto de um utilizador com o sistema operativo da Google. Mais ainda, promovendo uma experiência de utilização consistente, sem frustrações e acessível ao maior número possível de utilizadores.

Começou em 2014, muito antes de chegar até nós através dos Nokia ou dos Xiaomi, era concebido para smartphones de baixo custo e mercados emergentes. Com efeito, visava tornar até os Micromax, Spice e os Karbonn desta vida em smartphones minimamente utilizáveis. Isto para que o utilizador não fosse tentado a arremessa-los contra uma superfície dura.

Android One da Google – o início em 2014

O Android One da Google foi concebido para trazer o sistema Android a milhões de consumidores que nunca tiveram um smartphone. Para quem nunca pode comprar um smartphone Android. Posto isto, a Google quis estimular as fabricantes a produzir equipamentos abaixo dos 100 dólares mas pouco tempo depois a experiência começaria a correr “não tão bem”. Era então uma ideia muito ambiciosa mas dependia de demasiados vetores, ainda assim, o seu potencial era imenso mas acabaria por não ser aproveitado.

Android One Google Nokia Xiaomi
Agora, em 2018, tem na Nokia e na Xiaomi as principais embaixadoras.

Com efeito, devido a uma multiplicidade de fatores, o Android One da Google nunca se tornaria numa plataforma cobiçada. Pelo menos não da forma como foi originalmente concebido. Mais ainda, os poucos smartphones que o utilizaram não primavam pela beleza, algo que também não contribuiu para a sua popularidade.

Ninguém quer um smartphone feio, ainda que seja barato…

Pouco depois a Google mudaria radicalmente todo o objectivo do Android. Mais ainda, a partir daí começaria a despertar o interesse das grandes marcas. Com efeito, a Xiaomi, Motorola, HTC e mais recentemente a Nokia. Vimos todas elas querendo lançar os seus produtos ao abrigo desta plataforma Android One.

Todos eles disponíveis tanto no mercado europeu como americano. Todos eles com preços que vão deste os 200 ou menos euros até aos 400 e mais euros. Em suma, o Android One deixaria de significar smartphone feito e barato para ser um smartphone com Android puro, simples e eficaz. As fabricantes gostaram e o público começou a aderir a estes produtos, sobretudo ao Xiaomi Mi A1 e alguns meses depois aos Nokia da HMD Global.

Xiaomi com o seu Xiaomi Mi A1

Apesar de ter sido a Xiaomi a popularizar esta plataforma na Europa com o seu Xiaomi Mi A1, a Nokia está agora a tirar máximo proveito do seu potencial. Mais ainda, chegaria até a lançar o se topo de gama, o Nokia 8 Sirocco. Com efeito, este seria lançado ao abrigo desta plataforma da Google. Com efeito, depressa o Android One se tornaria num dos maiores trunfos da Nokia em 2018 nesta parceria em forte crescendo.

Nokia com o seu Nokia 8 Sirocco

Xiaomi Android One Google Android Enterprise Recommended pela Google topos de gama Nokia 9 Android Android One Android Go Gogole Nokia 8 Sirocco Android Oreo
O sistema operativo Android Oreo chegará através da iniciativa “One”. É o atual topo de gama da HMD Global

Custando agora um pouco mais (veja-se o Nokia 8 Sirocco), o verdadeiro potencial deste Android One da Google pode agora ser totalmente aproveitado. Dotados de um design minimamente atraente (apesar de ser um critério subjectivo), temos agora consumidores verdadeiramente interessados na plataforma. Mais ainda, esta ao conseguir proporcionar atualizações rápidas ganharia consequentemente a preferência de muitos utilizadores Android.

Android One da Google – o estado atual em 2018

Com os novos Nokia, os Xiaomi, Motorola e HTC lançados ao abrigo desta plataforma da Google temos uma experiência limpa. Mais ainda, uma experiência poderosa, abrangente e com atualizações periódicas que valorizam o consumidor e o seu investimento. São poucas as adições que cada fabricante introduz, mantendo-se assim a experiência simples, limpa, rápida e coerente. “Tudo o que quiseres, nada do que não queres”. Este é o lema do Android One.

Todo e qualquer smartphone lançado ao abrigo da plataforma Android One da Google está despido de aplicações inúteis. Mais ainda, temos poucas alterações feitas pelas marcas. Mais concretamente sendo a sua presença pouco sentida durante a experiência de utilização do smartphone. É o mesmo que utilizar um Google Pixel, frequentemente pagando uma fração deste.

E há aqui algo mais, que por vezes até a nós passa despercebido! Estes smartphones são extremamente atraente para o 1º utilizador, para quem compra o seu primeiro smartphone e quer algo simples. De igual forma, são atraentes para um utilizador veterano que procura a mais pura experiência de utilização do Android.

Neste momento a popularidade do Xiaomi Mi A1 é inquestionável. Mais ainda, o mesmo se pode dizer dos mais recentes smartphones da Nokia. É caso para dizer, esta plataforma da Google tem tudo para continuar a crescer!

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi é das poucas marcas que pode popularizar um smartphone para jogos

Samsung começará 2018 da melhor forma, crescimento anual de 50%

Nokia 9: Especificações do smartphone são boas demais para ser verdade

Fonte | Via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).