HTC U12+ Android
HTC U12+, smartphone com Android Oreo

Ontem assistimos à apresentação do mais recente topo de gama Android da HTC, o U12+. De certo que já sabes todas as suas características, mas, quais são as que mais se realçam neste flagship da construtora de Taiwan?

Afinal, dependendo das necessidades de cada utilizador, tais características poderão respeitar diferentes níveis hierárquicos. Isto é, a importância de alguns detalhes variará de utilizador para utilizador.

Vê ainda: Android. Doogee traz a tonalidade do Huawei P20 aos seus smartphones

Seja como for, para nós, as cinco melhores features deste flagship foram as seguintes:

HTC Edge Sense 2

O Edge Sense foi introduzido pela HTC no lançamento do U11. Essa permitia apertar o telemóvel para iniciar aplicações ou ativar funcionalidades consoante a personalização de cada utilizador.

Na segunda versão, é possível apenas tocar na lateral do smartphone e não só apertar. Ou seja, algo que permitiu à construtora criar um equipamento sem botões físicos. Por exemplo, se segurarmos o U12+ com uma mão e lhe tocarmos com o polegar na lateral, este inicia o One Hand Mode o que torna uma mais fácil utilização.

Será interessante ver até onde é que esta poderá chegar e o que poderá fazer com futuras atualizações de software.

Câmara dupla na parte frontal e traseira

Quanto a câmaras, o U12+ veio fazer frente a grandes colossos da fotografia, pois conseguiu uma pontuação superior ao iPhone X e ao Huawei P20 na plataforma de teste DxOMark.

Corresponde à maior pontuação alguma vez conseguida (103) por um equipamento dual-camera sendo apenas ultrapassado pelo Huawei P20 Pro. Na parte de trás encontramos dois sensores, o principal 12MP com OIS e abertura de f/1.75 wide-angle e o secundário de 16MP com Zoom Ótico de 2x e sem OIS.

HTC U12+ traz excelentes câmaras ao mundo Android!

Quanto à parte frontal, tem dois sensores de 8MP com abertura f/2.0 e, para os fãs das selfies, capacidade de produzir fotos com efeito Bokeh.

Para vídeos, haverá a possibilidade de gravar em 4K a 30 ou 60 frames por segundo enquanto que podemos gravar a 240fps a 1080p.

Novo design e materiais

A HTC decidiu inovar ao transformar o painel traseiro deste equipamento translúcido. A título de curiosidade, começa lentamente a satisfazer a vontade do famoso youtuber que tem tornado o interior dos equipamentos visíveis, o famoso JerryRigEverything. E verdade seja dita, ficou bastante peculiar.

Haverá também uma versão em cerâmica e futuramente uma em vermelho vibrante. Vidro curvo e um equipamento fino, são estas as características físicas que definem o U12+. Ah, e claro, sem monocelha!

Dou os meus parabéns à HTC por tomar esta atitude arriscada de produzir um smartphone  em pleno 2018 sem que este lembre o iPhone X. O equipamento é também resistente à água e pó com uma certificação IP68.

Áudio e funcionalidade “Always On”

Como já nos tem habituado, a HTC tenta surpreender no que toca ao áudio dos seus equipamentos e a seu mais recente criação não é exceção.

Com efeito, o U12+ traz consigo quatro microfones e duas colunas, um na parte superior e outra na parte inferior acompanhadas de amplificadores dedicados em cada drive.

Por outro lado, o equipamento trará consigo earbuds com cancelamento de ruído ativo, com entrada USB-C, pois este flagship volta a não inovar ao não trazer a entrada de 3.5mm headphone jack nem qualquer tipo de adaptador.

Especificações de topo

Neste aspeto, o flagship virá acompanhado do Snapdragon 845 e toda e qualquer versão terá 6GB de RAM. Quanto ao armazenamento interno, variará entre 64GB ou 128GB.

Depois, sairá de fábrica com a versão Android 8.0 Oreo e com um ecrã de 6 polegadas com uma reolução de 2880×1440 (537ppi). E claro, como não poderia deixar de ser, suporta Bluetooth 5.0.

Do mesmo modo, trará consigo uma bateria com capacidade de 3500mAh. Tal será  alimentada através o Quick Charge 3.0, mas haverá possibilidade para o Quick Charge 4.0 – na aquisição de um carregador que suporte esta versão.

Conclusão

E tu? Achas que este HTC U12+ poderá abalar o mercado mobile? Deixa nos comentários o que pensas acerca deste flagship da empresa de Taiwan.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi aproxima-se da Apple na venda de wearables

Surge a primeira imagem do próximo LG V35 ThinQ

Xiaomi esclarece finalmente a escolha do nome Xiaomi Mi 8 e não Mi 7

Artigo por Rafael Alemão

Mais na 4GNEWS

Presente na 4gnews há quase três anos, sou fã incondicional de Tecnologia e Cultura e quero partilhar o conhecimento adquirido com todos aqueles que gostarem de tecnologia, filmes e séries, lifestyle e muito mais.