Amazon Alexa está mais inteligente e consegue adivinhar os teus desejos!

Abílio Rodrigues
Comentar

A Amazon Alexa é talvez a assistente virtual mais inteligente do mercado e parece que acabou de ficar ainda mais esperta. Segundo o The Verge passa agora a ser capaz de executar ações sem a instrução explícita do utilizador, baseada em palpites formulados através da análise das tuas rotinas diárias.

A funcionalidade recebeu o nome de "Palpites Proativos" e o objetivo é oferecer aos utilizadores uma experiência de comodidade que lhes permita pensar em menos coisas quando estão em casa.

Amazon Alexa já pode agir de forma mais independente

A Amazon explica que os utilizadores passam agora a poder escolher a possibilidade da Alexa atuar com base nestes palpites. A título de exemplo, é possível que a assistente desligue as luzes ou ajuste o termostato sempre que suspeite que as pessoas de uma casa já foram dormir.

A primeira vez que a companhia falou dos Palpites Proativos foi já em 2018. Na altura a Alexa teria ainda de pedir autorização para executar ações. Quer isto dizer que o palpite era ativado mas exigia uma confirmação por parte do utilizador.

Podemos dizer que antes desta atualização o sistema funcionava mais à base de lembretes e não tanto de palpites. A Alexa está agora autorizada a agir e assumir algumas das responsabilidades básicas que possamos ter em casa ou no escritório.

Isto pode ser especialmente benéfico para pessoas mais idosas ou com dificuldades de memória. Ter dispositivos ligados a uma tomada inteligente controlada pela Alexa passa a ter uma vantagem adicional, com o potencial de impedir acidentes que podem ser bastante perigosos.

Palpites Proativos da Alexa são facultativos

A Amazon garante até que a funcionalidade vai ficando mais inteligente com o passar do tempo e à medida que absorve as tuas rotinas diárias para poder melhorar a pertinência das suas ações.

Os Palpites Proativos podem ser ativados ou desativados através da aplicação mobile, garantindo que os mais céticos não são obrigados a permitir que uma assistente virtual os "estude."

Caso desejes ficar a conhecer melhor esta funcionalidade e a forma como te pode ajudar podes pedir ajuda à própria Alexa, que te oferecerá um tutorial completo.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.