Home Android

Alcatel 1X: O primeiro smartphone com Android Go já é oficial

Tal como prometido, eis que nos chega o primeiro equipamento com Android Go.

Alcatel 1X Android Go smartphone
Alcatel 1X: o primeiro com Android Go

Na antecâmara da Mobile World Congress, a Google deu a conhecer que esta feira traria vários equipamentos com o Android Go. Neste grande certame de tecnologia móvel seriam desvendados os primeiros modelos com esta nova abordagem ao seu sistema operativo. Pois bem, esta promessa acabou de confirmar-se mesmo agora com a apresentação do smartphone Alcatel 1X.

O programa Android Go foi apresentado ao mundo em maio do ano passado, na Google I/O 2017. Este programa visa dar uma nova vida àqueles equipamentos com especificações bem comedidas. Aqueles equipamentos que todos pensam oferecer uma performance terrível.

Vê ainda: Nokia 7 Plus com 6GB de RAM na Geekbench antes da MWC 2018

Este Android Go é baseado na mais recente versão do sistema operativo da Google, o Oreo. Contudo, este vem optimizado para funcionar em equipamentos com poucas especificações. Esta optimização assenta em três pilares: o próprio sistema operativo, as aplicações e a Google Play Store.

Todos estes três pontos foram repensados pela empresa americana. A ideia é retirar os recursos que possam estar a mais, mas sem nunca comprometer a experiência do utilizador. Ou seja, fazer com que seja requerido o menor esforço possível ao hardware do smartphone em causa.

Depois da apresentação da ideia, há que lançar os seus veículos para o mercado. Há que colocar toda esta teoria em prática em smartphones e colocá-los à disposição do utilizador. O primeiro passo nesse sentido está dado, com a chegada do Alcatel 1X com Android Oreo 8.1.

Android Go chega finalmente ao mercado com o Alcatel 1X

Como podes imaginar, este não será dos melhores smartphones que já viste no mercado. O Alcatel 1X é um equipamento de gama baixa em todo o sentido. A sua construção é de plástico a as suas especificações lembram-nos equipamentos de há uns bons anos atrás.

No que toca ao seu hardware, vemos um smartphone com um processador MediaTek MT6739. Trata-se de um SoC com quatro núcleos de processamento com uma frequência máxima de 1.3GHz. O mesmo é ainda apoiado pela gráfica GPU PowerVR GE8100.

Em termos de ecrã, estamos perante um rácio 18:9 com uma diagonal de 5.3 polegadas. A sua resolução é de 480 x 960 pixels. Temos também 1GB de RAM ou 2GB de RAM apenas em alguns mercados. Estes mercados selecionados (não especificados) irão ainda receber uma versão com leitor de impressões digitais na traseira do smartphone. Comum a todos serão os seus 16GB de memória interna com capacidade de expansão via microSD.

Algo que também variará consoante o mercado em questão é a câmara principal do Alcatel 1X. O equipamento chegará a alguns mercados com uma lente de 13MP, ao passo que outros contarão apenas com 8MP. Comum a ambas as câmaras será a sua capacidade de gravar a 1080p, contando ainda com estabilização eletrónica da imagem.

Já na parte frontal temos uma lente de 5MP, com um flash LED dedicado. Caso te estejas a interrogar, este Alcatel 1X não contará com tecnologia Face Unlock. Importa ainda referir que o mesmo contará com uma bateria de 2460mAh e uma entrada Micro USB.

Um smartphone que será comercializado por 100€

Por fim, importa falar do preço deste smartphone, o seu maior trunfo. O mesmo será comercializado por 100€ na sua versão single-SIM. Já a versão dual-SIM custará 110€. O mesmo poderá ser adquirido no próximo mês de abril.

Aqui está o primeiro smartphone com Android Go. Tal como previsto, estamos a olhar para um equipamento muito básico, com um hardware limitado. Mas será o Android Go suficiente para dar uma boa experiência de utilização a este tipo de equipamentos?

Pelas primeiras impressões do pessoal do The Verge, este Alcatel 1X não se apresenta tão fluído quanto se pensava. Isto é algo que nos leva a outra questão: até que ponto o programa Android Go poderá acrescentar algo ao mercado? Deixa-nos as tuas opiniões.

Assuntos relevantes na 4gnews:

LG V30S ThinQ: Render não mostra mudanças de design

Mobile World Congress (MWC). Xiaomi obrigada a pagar 200 mil euros

Google ARCore atinge primeira versão estável e expande compatibilidade

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal passatempo.