Ainda usas o Windows 7 ou Windows 8.1? É hora de dizer adeus

Bruno Coelho
Comentar

Recuando até 22 de outubro de 2009, dava-se o lançamento oficial do Windows 7. Este foi um dos sistemas operativos mais populares de sempre da Microsoft.

Foi tão popular que, três anos depois, muitos utilizadores não gostaram das mudanças feitas no Windows 8 e mantiveram-se fieis ao Windows 7. O mesmo acabaria por suceder com o Windows 8.1 em 2013.

Agora, mais de 13 anos volvidos desde o lançamento do Windows 7, a Microsoft anunciou o fim do suporte para este sistema operativo. E o mesmo é válido para o Windows 8.1 que também chega ao 'fim da linha'.

windows 7

O que significa o fim de suporte para o Windows 7 e Windows 8.1

Desde 10 de janeiro, a Microsoft deixa de providenciar atualizações de segurança ou suporte técnico para o Windows 8.1. No caso do Windows 7, o suporte oficial terminou em janeiro de 2020, e termina agora a extensão de suporte de 3 anos paga que alguns utilizadores tiveram oportunidade de realizar.

Recorde-se que, segundo dados de terceiros, o Windows 7 ainda se encontra instalado em cerca de 10% dos computadores com Windows globalmente. No caso do Windows 8.1, os números serão bem menores.

Trocar de computador é a solução para quem ainda tem Windows 7

Para quem tem um computador com Windows 7 e não quer ficar sem segurança, a solução apontada pela Microsoft é de que terão de adquirir um computador compatível com Windows 11.

Já no caso de quem se ficou pelo Windows 8.1, a Microsoft afirma que em alguns casos ainda será possível atualizar para uma versão mais recente. Mas a Microsoft afirma que mudar para um computador compatível com Windows 11 será mesmo a melhor solução.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt