Adele pediu, e Spotify alterou botão de reprodução

Bruno Coelho
Comentar

O Spotify é o serviço de streaming de música mais popular do mundo. Mas nem por isso deixa de ceder a um pedido de uma artista tão importante como Adele. Mesmo que isso leve à alteração de uma funcionalidade que antes era padrão.

Em todas as páginas de reprodução de álbuns no Spotify, o padrão era o botão de “shuffle”, sendo o álbum reproduzido aleatoriamente. Mas numa semana em foi lançado o álbum ‘30’ de Adele, um pedido da cantora levou a que o padrão passasse a ser na ordem da reprodução dos álbuns.

Álbuns passam a ser reproduzidos pela ordem 'normal' no Spotify após pedido de Adele

No Twitter, a cantora explica o porquê do pedido. “Este foi o único pedido que eu fiz no nosso setor em constante mudança! Não criamos álbuns com tanto cuidado e reflexão na lista de faixas sem motivo. A nossa arte conta uma história e as nossas histórias devem ser ouvidas como pretendíamos. Obrigado por ouvir-me, Spotify”, afirma a cantora.

This was the only request I had in our ever changing industry! We don’t create albums with so much care and thought into our track listing for no reason. Our art tells a story and our stories should be listened to as we intended. Thank you Spotify for listening 🍷♥️ https://t.co/XWlykhqxAy

— Adele (@Adele) 21 de novembro de 2021

A cantora fez o pedido para o seu álbum, e o Spotify ouviu, alterando o padrão para todos. Mas isto não significa que não continues a poder ouvir o álbuns aleatoriamente. Só precisas de alterar essa opção manualmente.

A medida dividiu os utilizadores na internet. Uns acham que o Spotify não devia ter cedido ao pedido da cantora, enquanto outros concordam e afirmam que esta já devia ser a forma padrão de reproduzir álbuns.

Pessoalmente reproduzo os álbuns em sincronia com a ordem dada pelo artista. Estes contam normalmente uma história, e é dessa forma que gosto de os ouvir. Mas para quem não pensa assim, o botão de ‘shuffle’ continua lá.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.