2023 será definido por estas 5 tecnologias da 'cloud', avança a AWS

Rui Bacelar
Comentar

A tecnologia tem todo o potencial para melhorar a vida das pessoas. Dito isto, face aos desafios atuais, é importante perceber como é que esta nos pode ajudar a resolver os problemas da Humanidade. Hoje, temos mais acesso a dados provenientes de wearables, dispositivos médicos, sensores ambientais, captura de vídeos, e outros dispositivos interligados.

São gadgets e serviços que nos permitem uma acessibilidade fácil e imediata a um sem número de informações. Portanto, quando combinamos tudo isto com tecnologia cloud, como computer vision, machine learning ou simulação, conseguimos perceber onde esta combinação de informação e aplicações nos pode levar.

Amazon Web Services AWS 2023

É precisamente nessa ótica que a Amazon Web Services acredita que as tecnologias de cloud vão moldar o ano de 2023, redefinindo-o em vários aspetos. Com efeito, para Werner Vogels, Chief Technology Officer na Amazon.com, em 2023 vamos assistir a uma avalanche de inovação que marcará o próximo ano.

1. Tecnologia no Desporto

A transmissão televisiva tem tido um enorme impacto na evolução do desporto profissional. Na prática, financiando o que é hoje uma indústria de 500 mil milhões de dólares e nos anos que se avizinham todas as modalidades vão sofrer uma transformação digital.

Empresas como a Veo estão atualmente a liderar os custos desta transformação, a criar tecnologias como machine learning, computer vision, e processamento de fluxos. Isto para reduzir a divisão digital entre atletas amadores e profissionais.

A Veo não só criou uma experiência semelhante à transmissão, mas para espectadores de desportos amadores, como também construiu uma rede neural profunda que lhe permite criar automaticamente destaques a partir de transmissões de vídeo.

Isto permite aos jogadores, treinadores e recrutadores encontrar facilmente táticas chave, e partilhá-las de uma forma que antes não era possível.

Ademais, Ligas de topo, como a Bundesliga e a NFL, começaram a utilizar transmissões de vídeo, wearables, sensores IoT, e outras funcionalidades, para análises e insights em tempo real. Porém, já olhando para o futuro, estas capacidades continuarão a avançar, e as tecnologias tornar-se-ão uma força omnipresente em quase todos os desportos e a todos os níveis.

O mundo do desporto está atualmente à beira da maior revolução que alguma vez foi registada, e as tecnologias da cloud estão no centro desta mudança.

2. Energia inteligente, uma nova era em 2023

O aumento dos custos e o acesso fiável à energia são problemas globais e têm impacto em toda a gente. Embora esta não seja a primeira vez que enfrentamos uma crise energética, existem várias tecnologias em amadurecimento que começam a convergir. Assim, em conjunto, permitir-nos-ão abordagens diferentes.

O ambiente à nossa volta produz energia renovável mais do que suficiente. O desafio, na realidade, é o armazenamento e a entrega aos sistemas que consomem essa energia.

Neste ponto, a Amazon trabalha nesta área – exemplo disso é o sistema de armazenamento de baterias de 150 MW. Ora, o que no estado do Arizona fornece energia limpa e fiável às instalações da Amazon nessa área.

3. Transformação Digital na Logística

Amazon

Outro tema que tem sido discutido, ao longo dos últimos anos, é a fragilidade da cadeia de abastecimento global. Lembramo-nos todos de momentos de prateleiras vazias e atrasos na entrega de produtos…

Embora a Amazon tenha aperfeiçoado as suas cadeias de abastecimento com soluções inovadoras. Aqui como a correspondência de cargas digitais e estações de entrega, muitas empresas têm continuado a debater-se com desafios logísticos.

Porém, esta realidade está prestes a mudar e vai arrancar com o fabrico dos próprios produtos. Os sensores IoT nas fábricas vão proliferar e a Machine Learning será utilizada não só para prever falhas de máquinas, mas também para as evitar.

Assim, menos tempo de paragem significa produção consistente. O envio desses produtos para todo o mundo é um desafio completamente diferente.

4. Simulações com impacto na realidade em 2023

As simulações vão ajudar-nos a tomar melhores decisões sobre as estradas que construímos, as formas como organizamos os nossos armazéns e as formas como respondemos a desastres. Esta é a direção assumida pela Amazon para 2023.

Com a simulação é possível espreitar o futuro para avaliar os impactos dos nossos esforços, executando inúmeros cenários de simulação que respondem às perguntas, sem termos de esperar muitos anos para ver qual é o impacto.

Aliás, esta mesma democratização irá inspirar uma nova onda de inovações: na arquitetura, construção, imobiliário comercial, e indústrias de retalho.

5. Hardware mais personalizado, a promessa da AWS

Tudo, desde os nossos computadores portáteis, aos telemóveis e dispositivos de desgaste estão a sofrer mudanças significativas com a fabricação e adoção do silício personalizado.

Embora esta adoção tenha sido rápida para os produtos direcionados ao consumidor, o mesmo não tem acontecido para as aplicações e sistemas empresariais. Local onde o software e o hardware têm tradicionalmente ciclos de atualização mais longos.

No entanto, tudo irá mudar nos próximos anos, à medida que a acessibilidade e a adoção do silício personalizado ganha espaço.

Tal como os dispositivos de consumo, isto tem levado a AWS a investir fortemente na conceção de chips nos últimos anos.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt