Huawei P9
Huawei P9 Plus

A Huawei já é a terceira maior fabricante de dispositivos móveis a nível mundial e, no final de 2016, a marca chinesa havia anunciado que já tinha vendido mais de 10 milhões dos seus Huawei P9 e P9 Plus. Agora, esse número aumentou em 2 milhões mas o que terá contribuído para este sucesso? Qual o segredo da Huawei?

Juntos, os Huawei P9 e Huawei P9 Plus já venderam mais de 12 milhões de unidades um pouco por tudo o mundo. Estes dados chegam-nos através do senhor Yu ChengDong, o CEO da “Huawei Consumer Business Group”. Este sucesso, bem como um sólido crescimento nas vendas dos seus restantes dispositivos móveis, contribuíram para um dourado para esta gigante chinesa. Com efeito, em 2016 a Huawei arrecadou 929 milhões de dólares em receitas. Dados da Yonhap, num artigo avançado pelo Korean Herald.

A fórmula de suceso dos Huawei P9

Os Huawei P9 foram os topos de gama da marca até ao recente anúncio da linha Huawei P10 durante o congresso Mobile World Congress em Barcelona. O preço dos smartphones, mais em conta do que os concorrentes LG G5, Samsung Galaxy S7 e Xperia XZ, fez com que o público escolhesse, frequentemente as ofertas da marca.

Como podemos ler no artigo, extremamente elucidativo sobre o equilíbrio de forças no mercado móvel, do Future Behind, “…na prática os fabricantes como a Huawei, não têm o brand awareness da Apple ou da Samsung. Portanto, vender um telefone de 700 euros é muito complicado. Agora se calhar já nem é tanto para a Huawei. Mas há um ano ou dois era completamente impossível.” Declarações de Francisco Jerónimo, diretor de pesquisa da IDC EMEA para o segmento de comunicações móveis e sector de consumo.

   

Sentimos que, a pouco e pouco, a Huawei aproxima-se dos lugares cimeiros, ainda firmemente detidos pela Apple e pela Samsung. Uma bicéfala cada vez mais ameaçada pelas ambições desta gigante asiática. Para 2017 a Huawei espera vender pelo menos 10 milhões dos seus novos Huawei P10 e Huawei P10 Plus.

Huawei P9, Huawei P10
Análise ao Huawei P10, brevemente na 4gnews

Enquanto terceira maior fabricante de dispositivos móveis a Huawei vendeu um total de 139 milhões de dispositivos em 2016. Número impressionante e que representa um grande aumento face ao total de 2015. Mais concretamente, um crescimento de 29% entre 2015 e 2016, fortemente impulsionado pelo sucesso dos Huawei P9, Huawei P9 Plus e claro, do Huawei P9 Lite.

A Huawei quer alcançar o segundo lugar num curto espaço de dois a três ano. Este objectivo foi delineado pelo próprio CEO em fevereiro de 2016 e ainda precisam de lutar bastante para alcançar a Samsung. Contudo, as esperanças estão depositadas nos sucessores do Huawei P9. Conseguirá esta nova geração ter tanto sucesso como os seus antecessores?

Outros artigos relevantes:

Funções exclusivas do Android 7.1.2 para o Motorola Moto G4, G4 Plus, Moto Z e Z Play

Samsung Galaxy S8: Tudo o que sabemos! 

Capas e acessórios para o Samsung Galaxy S8 foram revelados